in

t.A.T.u. retoma carreira internacional pela última vez. Saiba tudo o que aconteceu com a banda russa!

TATU_TOPO

Pensou que as t.A.T.u. tinham morrido? Então pense outra vez.

Após Yulia, a morena do duo russo, ter se casado e tido um filho com outro homem, a banda, que ficou famosa pelos seus beijos lésbicos e sua música controversa, resolveu desacelerar. Mas agora, Yulia e Lena, estão a 200 km/h novamente, mesmo que por pouco tempo.

Depois do grande sucesso internacional com seu primeiro cd “200 km/h in the wrong lane”, t.A.T.u. se tornou a primeira banda russa da história a conseguir sucesso internacional. A divulgação do álbum foi exaustiva. Quem não lembra de All The Things She Said? Além dessas, mais 3 singles do primeiro álbum ainda foram lançados no mundo.Mas enquanto se divulgavam, as meninas estavam sempre cercadas de problemas.

Durante os preparativos para o seu segundo álbum internacional, menos lésbico, a dupla lançou um reality show para procurar os melhores compositores. Mas o rompimento com seu mentor, Ivan Shapovalov, ex-psicólogo infantil, foi o ponto principal a levar as meninas a um momento fora do holofote. Tempos depois, apoitadas por Sting e outros artístas do mercado internacional, retomaram o projeto do segundo álbum e lançaram “Dangerous and Moving”, que teve como carro-chefe a música “All about us” – amplamente divulgada na América Latina e Europa e a única do álbum aentrar para as contagens da Billboard, em 2005. Quatro anos depois, enquanto muitos pensavam que nem mais vivas elas estavam, Yulia e Lena resolvem tentar novamente – pela última vez. Mas calma, não é como se elas fossem se matar ou algo assim.

tatu_novosalbums_lollipop

“Happy Smiles” (2008) é o terceiro álbum internacional do duo e ao contrário dos anteriores, tem a maioria das canções em russo, contendo apenas 3 músicas com título em inglês. O álbum foi lançado apenas no Itunes mundial e atingiu ainda a 25ª posição entre os melhores álbuns pop e a 92ª no Chart dos 100 Melhores Álbuns . Agora, com o grande sucesso alcaçando pelos singles anteriores no Brasil, comparado aos Estados Unidos, as meninas se preparam para o lançamento da versão física em inglês na América Latina.

O primeiro single, White Robe, estreou na MTV Brasil e hoje estava em primeiro lugar no Lab Disk. O clipe não sofreu muitas alterações na versão em inglês, mas o álbum que será lançado no próximo dia 15 terá, além de uma nova capa e as músicas em inglês, o nome alterado para “Waste Management”. Segundo a dupla, as mudanças aconteceram porque elas estavam cansadas da arte da edição russa e digital. Inspirada por Pink Floyd, Lena – a ruivinha da dupla, diz “Vocês devem ouvir, ininterruptamente, pelo menos uma vez, esta versão para sentir o que nós tentamos criar. Nós chamamos esta versão de pinkfloydista.

Além do lançamento na América Latina, t.A.T.u. também comemora uma década de carreira esse ano, e segundo elas, agora fazem o que querem e quando querem, ao contrário de quando o mentor das meninas as forçavam a fazer show de calcinha. E mesmo com Yulia carregando um marido e dois filhos, Lena confessa para OK!: “às vezes nós nos beijamos. Não apenas nos palcos. Fazemos isso quando estamos nos divertindo, não importa onde.”

tatu10

Depois desse lançamento, as duas pretendem seguir em carreira solo. Sem briga alguma, elas garantem que querem apenas ver como cada uma se vira sozinha. E quando questionadas se o tempo delas já não havia passado, Lena não exita em dizer que “O nosso tempo não acabou, o nosso tempo mudou. Sem barulho e sem histeria. Mas as pessoas ainda querem nos ver e nos ouvir.

E você, acha que o tempo delas já acabou? Atualizaremos a notícia ainda hoje com o melhor comentário  para discurtimos aqui. Enquanto isso, vamos celebrar os 10 anos de carreira com a última visita ao Brasil em 2005 e a saia justa que as meninas deixaram Jô Soares,  ao dizer no programa dele que um membro da banda delas tinha se apaixonado… por ele!

melhorbjs

Melhor comentário da matéria até agora (04/12):

Todos os comentários foram tão construtivos (já corrigimos tudinho) e cheio de respeito que  deu vontade de colocar todos aqui, mas a Mary Lazarini resumiu bem o que todos falaram, parabéns Mary! Ela disse:

Não creio que tenha acabado o tempo delas mas sim, como a Lena disse, o tempo mudou. O novo CD vem cheio de novas batidas, novas idéias, e mais uma vez elas fazem um álbum direcionado aos fãs delas, e não a mídia em geral. Mais uma vez elas não vêm pra agradar ninguém, mas sim pra passar uma mensagem que nem todos vão entender e, é claro, muitos vão criticar.
Creio que as pessoas devam deixar de lado todos os preconceitos, todas as idéias anteriores delas, e parar para ouvir e pelo menos tentar entender o que elas tentam passar.

Acho legal o movimento dos fãs brasileiros (e latinos, em geral) de se esforçarem para mantê-las no topo. No final das contas, isso é t.A.T.u. – tentar, ousar, continuar; independente do que os outros pensam!

Escrito por Redação POPLine

31 Comments

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Projeto solo de Nick Jonas é seu primeiro passo à Casa Branca

OMG: Miley Cyrus faz de tudo para desligar sua imagem de Hannah Montana