Foto: Divulgação
in ,

Surpresa! Maluma celebra seu aniversário com o lançamento do álbum visual “#7DJ (7 Días en Jamaica)”

Maluma completou 27 anos nesta quinta (28) e deu um super presente para os fãs.

Maluma completa 27 anos nesta quinta-feira (27), mas o presente, claro, quem ganhou foram os fãs do cantor colombiano, já que ele resolveu lançar, de surpresa, um álbum visual chamado “#7DJ (7 Días en Jamaica)”.

Maluma 7 Días en Jamaica 7DJ
Foto: Divulgação

São sete músicas inéditas, cada uma com seu videoclipe, que interligados contam uma história de exploração do coração da Jamaica, onde o cantor teve sua inspiração para o projeto, após uma viagem ao país.

O projeto vê Maluma seguindo uma nova direção em sua carreira, misturando a música urbana latina com o reggae e o dancehall, ritmos tipicamente jamaicanos. O projeto conta com a colaboração de renomados artistas do país, como Ziggy Marley, um dos filhos do lendário Bob Marley.

Todo o projeto do “7DJ (7 Días en Jamaica)” foi filmado na Jamaica e em Los Angeles e é o sucessor do “Papi Juancho”, álbum lançado por Maluma em agosto de 2020.

Ouça o disco e veja os curta metragem com os clipes:

Parcerias de Maluma

Em meio aos seus lançamentos solo, desde o “Papi Juancho” até o “#7DJ (7 Días en Jamaica)”, Maluma também participou de algumas parcerias musicais que ganharam bastante destaque.

Com Jennifer Lopez, o cantor colombiano lançou não só uma, mas duas colaborações em 2020: “Lonely” e “Pa’ Ti”, que também ganharam videoclipes no estilo curta-metragem.

Já a mais recente dessas parcerias de destaque é um lançamento do próprio Maluma, que se juntou a The Weeknd para um remix de “Hawaí”.

Destaque latino no Spotify

Bombando com o álbum “Papi Juancho” e a música “Hawái”, Maluma se destacou bastante no Spotify em 2020. Para se ter uma ideia, ele foi o cantor latino com a posição mais alta no ano passado na plataforma de streaming.

O álbum “Papi Juancho” de Maluma foi concebido durante a quarentena do cantor entre Medellín, na Colômbia, e Miami, nos Estados Unidos, com produção de The Rude Boyz. O título do disco, é a evolução do alter ego Dirty Boy.

Escrito por Kavad Medeiros

Taís Araújo fala da influência de Destiny’s Child em sua vida: “Queria ser uma daquelas meninas”

Ivete Sangalo se junta ao Harmonia do Samba do hit “Tá Solteira, Mas não Tá Sozinha”