Spotify anuncia programa de recompra de ações de até R$ 5 bi
Daniel Ek, CEO Spotify. Foto: Divulgação/Spotify
in

Spotify anuncia programa de recompra de ações de até R$ 5 bi

“Este anúncio demonstra nossa confiança nos negócios do Spotify e nas oportunidades de crescimento que vemos a longo prazo”, disse Paul Vogel, Diretor Financeiro do Spotify.

O Spotify anunciou hoje (20) que iniciará um programa de recompra de ações no terceiro trimestre de 2021. As recompras de até 10.000.000 milhões de ações da Empresa e as ações ordinárias foram autorizadas pela assembleia geral de acionistas da Empresa e o Conselho de Administração aprovou tais recompras de até US $ 1,0 bilhão (cerca de R$ 5,4 bilhões). A autorização para recompra expirará em 21 de abril de 2026.

Música + Papo: recurso do Spotify chega ao Brasil; conheça

O momento e o número real de ações recompradas dependerão de uma variedade de fatores, incluindo: preço, negócios gerais e condições de mercado e oportunidades alternativas de investimento. O programa de recompra será executado de acordo com a estratégia de alocação de capital da Empresa, que continuará a priorizar investimentos agressivos para o crescimento do negócio.

“Este anúncio demonstra nossa confiança nos negócios do Spotify e nas oportunidades de crescimento que vemos a longo prazo”, disse Paul Vogel, Diretor Financeiro do Spotify. “Acreditamos que este seja um uso atraente de capital e, com base na solidez de nosso balanço patrimonial, continuamos a ver uma ampla oportunidade de investir e expandir nossos negócios.”

No programa de recompra, as recompras podem ser feitas de tempos em tempos usando uma variedade de métodos, incluindo compras no mercado aberto, tudo em conformidade com as regras da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos e outros requisitos legais aplicáveis.

O programa de recompra não obriga a Empresa a adquirir qualquer quantidade específica de ações ordinárias, e o programa de recompra pode ser suspenso ou descontinuado a qualquer momento a critério da Empresa.

Além do Spotify: Gravadoras diversificam receita do streaming
Foto: Pexels

O que significa o programa de recompra de ações do Spotify?

A recompra de ações é um método em que a empresa compra ações no mercado para custodiá-las em sua tesouraria ou cancelá-las. Em geral, a ação é feita quando a companhia considera que o preço de suas ações está abaixo do seu valor, de acordo com o portal especializado Suno.

Isso pode acontecer por um momento irracional de queda nos mercados. Ou se a empresa considera que o mercado não está avaliando corretamente seu real valor. Apesar de ser o motivo mais comum, uma queda irracional nos mercados não é a única razão para uma companhia realizar a recompra de ações. Dentre outros motivos, ela pode estar buscando reduzir o seus gastos com dividendos ou, até mesmo, distribuir as ações entre seus próprios executivos pelos sistemas de Stock Options.

Leia Mais:

De certa forma, a intenção de recomprar ações é vista pelo mercado como uma sinalização da empresa de que acredita no potencial de suas ações. Caso as ações sejam canceladas, o número de acionistas diminui. Logo, o lucro total da companhia é dividi-lo por menos pessoas. O que significa que a empresa retém mais o lucro pelas ações que possui.

Já se as ações forem mantidas pela empresa em sua tesouraria, ela irá esperar o melhor momento para vendê-las. Como acredita que o seu preço irá subir, terá um lucro com a operação. Dessa forma, empresa realiza essa ação por ser lucrativa para ela, aponta o Suno.

A recompra tem consequências diferentes para os acionistas dependendo do que a companhia fizer com as ações compradas. Caso a empresa cancele as ações o acionista passa a ter uma fatia maior da empresa. Portanto, receberá permanentemente mais dividendos pelas mesmas ações que possui.

Já se a empresa guardar os papéis, o acionista ganha quando a empresa vier a vendê-los e obter lucro com a operação, já que o ganho de capital será adicionado aos lucros da companhia e distribuído aos acionistas. Mas nessa opção, o ganho será pontual.

Leia Mais: 

No entanto, quando a empresa compra as ações no mercado ela reduz o número de papéis em negociação, no chamado free float. O que diminui a liquidez dos ativos. Isso pode ser relevante dependendo do ação em questão.Nem sempre a empresa realiza a recompra porque suas ações estão baratas. E nesses casos, pode não ser uma sinalização tão interessante.

Uma utilização pode ser para vir a atender o programa de stock options da empresa. Ao invés de emitir novas ações para dar aos seus executivos, a empresa as compra no mercado. Dessa forma, a empresa não está diluindo suas ações no mercado. A ação também pode vir a ser interpretada como um modo de utilizar o caixa excedente da empresa. Assim, pode ocorrer com as ações estando baratas ou não.

Ou seja, o caixa não está sendo utilizado para novos investimentos e aquisições. O que pode significar que não haja oportunidades interessantes no momento, ou que a empresa não está investindo, ou que a empresa não tem mais espaço para crescer. Dessa maneira, a aquisição de suas ações podem indicar má gestão ou estagnação da empresa. Por fim, a recompra de ações é um instrumento interessante a ser usado pela empresa e pode dar vantagem aos seus acionistas.

Escrito por Láisa Naiane

Rock in Rio: artistas comemoram IZA no line-up do Palco Mundo

Rock in Rio: artistas comemoram IZA no line-up do Palco Mundo

quem vai cantar no VMA 2021

Normani fala sobre possibilidade de cantar no VMA