in ,

“Som da Liberdade” é um sucesso de verdade? Produtora distribui ingressos

Bilheteria é inflada com distribuição de ingressos pagos por terceiros em site oficial da produtora Angel Studios.

"Som da Liberdade" é um sucesso de verdade? Produtora distribui ingressos
(Foto: Divulgação)

O filme “Som da Liberdade”, associado a teorias da conspiração QAnon, estreou no topo da bilheteria brasileira no último fim de semana. Mas isso não significa que as pessoas estão mesmo indo aos cinemas. A produtora Angel Studios, na verdade, vem distribuindo ingressos gratuitamente em seu site oficial.

"Som da Liberdade" é um sucesso de verdade? Produtora distribui ingressos
(Foto: Divulgação)

Leia mais:

Em troca da cortesia, a produtora pede um cadastro com e-mail e senha. Segundo a empresa, a distribuição gratuita é financiada por terceiros, não identificados. “Um anjo pagou adiantado para que você possa assistir a ‘Som da Liberdade’ nos cinemas gratuitamente”, diz a página.

A prática infla o número de bilheteria, mas não garante necessariamente público. Nos Estados Unidos, “Som da Liberdade” arrecadou mais de US$ 200 milhões de bilheteria – número muito superior ao seu orçamento de US$ 14 milhões. O longa, no entanto, tem um pano de fundo bastante controverso.

"Som da Liberdade" é um sucesso de verdade? Produtora distribui ingressos
(Foto: Divulgação)

Em tese, “Som da Liberdade” é baseado na história real do ex-agente especial do governo americano Tim Ballard, que deixou seu cargo para segir uma quadrinha e combater o tráfico de crianças. Até que ponto essa história procede é a questão. A produção é acusada de distorcer e forjar detalhes do envolvimento de Tim Ballard com o caso retratado.

Polêmica com a QAnon

Tim Ballard e o ator Jim Caviezel, que o interpreta no cinema, defendem a teoria da conspiração do movimento de extrema direita QAnonCaviezel, inclusive, fez discurso em uma convenção da QAnon em Las Vegas. A teoria, sem nenhuma prova ou fundamento legal, diz que existe uma rede secreta (de esquerda), que usa crianças traficadas em rituais satânicos. Essa teoria, considerada um delírio coletivo, angariou muitos votos para Donald Trump nos Estados Unidos.

“Som da Liberdade” é constantemente associada à QAnon. Os entusiastas do filme são os mesmos da teoria. Mas a distribuidora Angel Studios nega que seja um filme inspirado na QAnon.