Foto: Getty Images / Uso autorizado POPline
in ,

Sobre o retorno de Diana Ross: “é Beyoncé dos anos 80”

Depois de 15 anos sem músicas, a diva pop está lançando novo single e virou papo no programa da POPline na FM O Dia

Como de costume, o programa da POPline na FM O Dia da última quinta (17) deu o Primeiro Play exclusivo em algumas estreias nacionais do funk e sertanejo e uma estreia internacional, do David Guetta com Becky G, “Remember“. Além disso, o papo trouxe alguns assuntos atuais discutidos no momento, como a repercussão do posicionamento da atriz Samantha Schmütz sobre a pandemia e o retorno de Diana Gross, depois de 15 anos sem músicas novas.

Além do single britâncio, o programa trouxe também estreias de DJ Batata e MC Rennan, “Concentrada“; Felipe Araújo e Gusttavo Lima, “Amando Individual“; Lary e Lourena, “Crazy“; Os Barões da Pisadinha, “Tipo Ifood” e Wesley Safadão Tarcísio do Acordeon, “Ele Não Te Merece“.

E, ao analisar as estreias, os apresentadores repararam que o pop brasileiro tem mesclando vários ritmos. “Tem segmento que continua dentro de seu segmento mas o pop consegue pegar um pouco de cada coisa pra gente curtir e dançar. É um leque de opções do que a galera curte“, disse Giordanna Forte. Ela usou como exemplo o último álbum da Pabllo Vittarera totalmente pop, mas tinha várias referências, principalmente do norte, de onde ela veio“.

Outro lançamento de destaque foi “Crazy“, de Lary e a rapper Lourena. são poucas mulheres que conseguem se destacar no rap, não por falta de talento, mas por falta de oportunidades. Tem uma mulherada muito boa no rap que a gente tem que ouvir, tem que prestigiar, a Lourena é uma delas.“, disse Giordanna.

Capa de “Crazy”, de Lary e Lourena / Foto: Divulgação

Retorno de Diana Ross

A grande novidade da semana não poderia ficar de fora. Diana Ross lançou a música “Thank You”, depois de 15 anos sem lançamentos. O single faz parte do projeto “Diana Ross”, seu álbum de retorno, que será lançado dia 10 de setembro deste ano.

Pra quem não conhece, Diana Ross é Beyoncé dos anos 80“, comparou Giordanna. “diva da história da música, principalmente na musica disco“, continuou. A diva pop está retornando ao lado do produtor Jack Antonoff, disputadíssimo na indústria musical, principalmente por nomes como Tayrlor Swift, Lana del Rey e Lorde.

"Thank You": Diana Ross anuncia álbum novo e lança vídeo
(Foto: Divulgação)

Repercussão de Samantha Schmütz

Outro assunto que os apresentadores discutiram foi a repercussão do posicionamento da atriz Samantha Schmütz depois da morte do amigo Paulo Gustavo. Ela tem sido alvo de ataques desde que assumiu uma luta contra a pandemia e, consequentemente, o governo federal.

“Particularmente, eu entendo demais o que ele ta fazendo e admiro demais o lugar que ela ta tomando, porque tomar partido numa situação como essa é você perder vários anunciantes, é deixar de ganhar dinheiro”, declarou Pablo Falcão. Ele continuou: “Ela viveu isso na pele, perder o Paulo Gustavo. E pra gente que é próximo dele mesmo, amigo, principalmente a Samantha, que estava com uma proximidade muito maior, trabalhando demais com ele ali é perder um irmão. e cara, de uma coisa que já tinha vacina!“.

O apresentador continuou sua defesa à atriz:

“as pessoas podem discordar da maneira que ela está fazendo, mas é tão importante se posicionar! É um serviço pro bem comum. Não tem essa coisa de direita, esquerda. É a vida que está em jogo”

Ouça o programa completo

Escrito por Nicole Lopes

Luan Santana: "não tenho que perdoar Juliette por nada"

Luan Santana: “não tenho que perdoar Juliette por nada”

“Red”: Jake Gyllenhaal vira meme após anuncio de Taylor Swift