Seu Jorge e Mel Lisboa protagonizam áudio série do Spotify
Sao Paaulo SP-21.05.2021 Gravação do Podcast Caso Paciente63, Spotify Foto: Bruno Poletti
in

Seu Jorge e Mel Lisboa protagonizam áudio série do Spotify

“Paciente 63” estreia no dia 22 de julho e é mais um podcast exclusivo do Spotify

O Spotify no Brasil anunciou a sua nova áudio série original do “Paciente 63” e conta com as vozes protagonistas de Seu Jorge e Mel Lisboa. Com roteiro original de Julio Rojas, a produção envolverá os ouvintes em uma história surpreendente. O Podcast tem previsão de estreia no dia 22 de julho.

Mel Lisboa é Elisa Amaral, uma psiquiatra que grava as sessões de um enigmático paciente. Seu Jorge dá voz a esse paciente, registrado como Paciente 63, que diz ser um viajante no tempo. O que começa como sessões terapêuticas de rotina se transforma rapidamente em um relato que ameaça as fronteiras do possível e do real. Uma história que transita entre o futuro e o passado de dois personagens que podem ter nas mãos o futuro da humanidade.

Podcasts Originais Spotify

Com a estratégia de produzir cada vez mais conteúdos originais, sobretudo em formato de podcast, o Spotify anunciou no último mês o Spotify Próxima Parada, um programa jornalístico diário com notícias do dia a dia que circulam pelas periferias do Brasil e, em especial, da região metropolitana de São Paulo.

Com uma cobertura mais conectada à realidade de áreas distantes dos centros econômicos, o podcast tem apresentação dos jovens jornalistas Ana Beatriz Felicio (24) e Rômulo Cabrera (30), residentes de Carapicuíba e Suzano, na Grande São Paulo.

Em maio, as apresentadoras Roberta Martinelli e Sarah Oliveira iniciaram seus encontros semanais em que conduzem conversas frágeis com muita leveza e sensibilidade e o aconchego que dá aquele quentinho no coração. A cada episódio, no Podcast “Nós”, um relacionamento. Sarah conversa com uma pessoa, e Roberta, com outra. O ouvinte escuta as versões e, ao final, uma sensível reflexão das duas apresentadoras.

“Nós” abre as portas do afeto com histórias reais de todo tipo de relação afetiva (marido ou mulher, pai ou mãe, filho, irmã, professor, amiga) para mostrar que os “nós da vida têm seus apertos, mas também fortalecem as conexões”, descrevem as apresentadoras.

O Spotify deu mais um passo ao adquirir em junho outro player no espaço do podcast a Podz – uma startup que desenvolveu um “feed de notícias de áudio” gerado automaticamente para podcasts.

“No Spotify, estamos investindo para construir e dimensionar a melhor (e mais personalizada) experiência de descoberta de podcast do mundo – e adquirimos o Podz, uma pequena e talentosa equipe de empresários, engenheiros e designers, para ajudar a tornar essa experiência ainda melhor”, revela empresa.

Sediada em Nova York, de acordo com a Variety, a Podz levantou US$ 2,5 milhões (R$ 12,5 milhões) em financiamento inicial liderado pela empresa de capital de risco M13 junto com Canaan Partners, Charge Ventures e Humbition, bem como investimentos de Katie Couric, Paris Hilton e da jornalista Mara Schiavocampo. Saiba mais acessando aqui.

Escrito por Láisa Naiane

NDA

“NDA”: Billie Eilish anuncia música e clipe novos

Ranking: os clipes de K-Pop com mais de um bilhão de acessos