in

Sertanejos marcam presença em almoço com Bolsonaro em Brasília

Sorocaba, Naiara Azevedo, Netinho e Amado Batista foram ao evento em Brasília

Diversos cantores sertanejos marcaram presença num almoço com o presidente Jair Bolsonaro, nesta quarta-feira (27/1), numa churrascaria, na Vila Planalto, em Brasília. O político, assim como seus convidados, não faziam o uso de máscara de proteção e não respeitaram as recomendações de distanciamento social. Entre os famosos estavam Sorocaba, da dupla com Fernando, Amado Batista, Netinho e a cantora Naiara Azevedo.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Daniel Freitas (@danielcfreitas)

Bolsonaro estava acompanhado do presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel),Paulo Solmucci, para falar sobre a situação econômica da classe, após o impacto do primeiro ano na pandemia do novo coronavírus, que ainda não acabou e segue vitimando mais de mil pessoas diariamente em todo o território brasileiro.

Sorocaba discursa em encontro com Bolsonaro. Foto: instagram

Sorocaba não só postou stories no Instagram mostrando parte do almoço, como também discurso sobre as questões que afetaram o setor. Em uma das imagens, postou a seguinte legenda: “É uma honra poder dar voz a um setor tão importante da nossa economia. Obrigado Bolsonaro por ouvir o que o setor de entretenimento tem para falar”, destacou.

Netinho também publicou um foto ao lado do presidente em que destacou na legenda: “Com meu amigo, Jair Bolsonaro”. Amando Batista e Nayara Azevedo não fizeram registro do encontro em suas redes sociais. No entanto, foram vistos em diversas fotos postadas por políticos e pessoas que estavam no encontro. O Secretário da Cultura, Mário Frias, também marcou presença.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Netinho (@netinhooficialbrasileiro)

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Daniel Freitas (@danielcfreitas)

Escrito por Redação POPLine

Entrevista exclusiva: BLACKPINK fala do “The Show” e da vontade de vir ao Brasil

Por que o mercado de catálogos musicais é tão atrativo?