in ,

Série “Por Que as Mulheres Matam” é cancelada

Paramount+ havia anunciado a 3ª temporada de “Por Que as Mulheres Matam”, mas voltou atrás na decisão.

(Foto: Divulgação)

Mas… ué? A série “Por Que as Mulheres Matam”, do serviço de streaming Paramount+, foi cancelada. O anúncio foi feito nesta sexta (1º/7), seis meses após a plataforma ter anunciado a renovação para a 3ª temporada. Soa confuso e é. A Paramount+ desistiu de fazer a temporada que estava prometida.

Em dezembro de 2021, o serviço anunciou que “Por Que as Mulheres Matam” ganharia uma nova temporada. O público, inclusive, estava esperando por ela. A expectativa de lançamento era para 2023.

Série "Por Que as Mulheres Matam" é cancelada
(Foto: Divulgação)

Leia mais:

“A Paramount+ tomou a difícil decisão de não seguir em frente com a 3ª temporada de ‘Por Que as Mulheres Matam’. Gostaríamos de agradecer aos nossos parceiros da CBS Studios e da Imagine Television Studios, ao incrível criador e roteirista Marc Cherry e aos incríveis roteiristas, atores e equipe por duas temporadas memoráveis”, um porta-voz declarou ao site Variety.

Nomes como Ginnifer Goodwin, Lucy Liu, Kirby Howell-Baptiste e Alexandra Daddario compunham o elenco da série. Ela estreou em 2019 e teve sua 2ª temporada em 2021. As temporadas estão disponíveis no Globoplay no Brasil.

Fim do hiato! Cameron Diaz volta a atuar em filme da Netflix

Cameron Diaz vai botar fim no hiato de sete anos sem filmes. O site Deadline noticiou que ela voltará a atuar em uma comédia de ação da Netflix chamada “Back In Action”. Cameron contracenará com Jamie Foxx.

Fim do hiato! Cameron Diaz volta a atuar em filme da Netflix
(Foto: Getty Images / Uso autorizado POPline)

A sinopse do filme é desconhecida. Mas o roteiro foi escrito por Brendan O’Brien (de “Vizinhos” e “Os Caça-Noivas”) e Seth Gordon (de “Cidade Perdida”), que também ficará a cargo da direção. Gordon já dirigiu “Baywatch: S.O.S. Malibu” (2017) e “Quero Matar Meu Chefe” (2011).

Em áudio divulgado por Jamie Foxx, Cameron Diaz fala que está “muito empolgada” e “ansiosa” para voltar a atuar. “Eu não sei como fazer isso, sabe?”, confidencia sua insegurança. Ela não deixou claro o que motivou sua volta aos sets. A artista vinha muito firme sobre seu distanciamento do mundo do entretenimento.

Escrito por Leonardo Torres

Doja Cat: “Planet Her” é certificado de platina nos Estados Unidos

Joe Perry, do Aerosmith, é atração de festivais gratuitos no Brasil