in ,

Sandy e Junior levam 45 mil pessoas a estádio na primeira noite da turnê “Nossa História” em São Paulo

Desde o anúncio da turnê “Nossa História” em março deste ano, os fãs e apoiadores de Sandy e Junior já aguardavam ansiosos pela noite deste sábado. Era evidente que o show de São Paulo tinha tudo para ser um dos mais marcantes de todos e o que assistimos foi de fato algo deslumbrante. Para um estádio lotado com 45 mil pessoas, a dupla apresentou sua sequência de sucessos, com direito a papel picado, fogos de artifício, bolas gigantes e muito choro dos “trintões”, que eram a maioria do público.

Antes do show começar, a playlist que foi disponibilizada no Allianz Parque já dava o tom da noite. De Celine Dion e Natalie Imbruglia a Backstreet Boys e Spice Girls: nostalgia pura. E era exatamente isto que todo mundo que estava ali queria. Os vídeos com imagens da infância dos ídolos, que em poucos minutos subiriam ao palco, emocionaram antes da hora e só deixaram os mais ansiosos ainda mais desconcertados com a contagem regressiva que surgiu no telão pouco depois das 20 horas.

Às 20h30 Sandy e Junior apareceram e deixaram transparecer a emoção em cada um dos versos de “Não Dá Pra Não Pensar”, música que abre o espetáculo dirigido por Raoni Carneiro. “A gente já veio a vários shows aqui no Allianz Parque, mas nunca imaginamos que um dia estaríamos aqui nesse palco,” disse Sandy, impactada com a casa cheia. A parafernália de cenário, projeções e iluminação apresentados pela dupla ficaram à altura da grandeza do público e não se distanciaram da estrutura dos inúmeros artistas gringos que também já passaram por ali.

Nem mesmo o frio de 15 graus e garoa fina, que ameaçou engrossar rapidamente, tiraram o brilho do show ou o entusiasmo do fãs. Se Sandy ficou mais “empacotada” por conta do frio, como ela mesmo disse, a galera não deu muita importância e cantou absolutamente todas as músicas do repertório como se estivesse em pleno verão. A setlist seguiu o mesmo ritmo das apresentações anteriores de Recife, Salvador, Fortaleza, Brasília, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Um dos pontos mais altos do show é o bloco iniciado com “Eu Acho Que Pirei” e precedido de projeções que remetem ao seriado da TV Globo protagonizado pelos irmãos; o elenco da série aparece em peso nos telões, inclusive o ator Paulo Vilhena, que estava no fundo da pista premium e foi assediado por vários fãs da dupla. Na sequência um medley arrebatador com “Beijo é Bom”, “Vai Ter Que Rebolar”, “Etc e Tal”, “Dig Dig Joy” e “Eu Quero Mais” faz todo mundo ir a loucura e voltar no tempo.

No bloco acústico deste sábado, quando Sandy e Junior revisitam hits mais antigos e pedidos dos fãs, os irmãos adicionaram “Não Ter”, faixa do álbum “Dig Dig Joy” de 1996, e “Era Uma Vez”, lançada no álbum “Sonho Azul” de 1997.

Junior

É preciso falar sobre a performance de Junior na turnê “Nossa História”. Além da simpatia e da boa forma, o caçula da dupla reforça a sua importância ao longo de toda a apresentação, especialmente com suas performances solo. Seja cantando “Enrosca” ou “Super-Herói” ou ainda sentado em sua bateria na beira do palco, Junior é muitas vezes o grande fio-condutor da energia do espetáculo e é àquele que está sempre com o olhos marejados. “Vocês não tão ligados de como está emocionante isso aqui para a gente,” disse ele inúmeras vezes. Foi Junior também quem fez menção às queimadas na Amazônia após a música “Libertar”, trilha sonora do filme “Acquaria”: “Deixem a nossa Amazônia em paz,” clamou.

 

Ver essa foto no Instagram

 

É hoje São Paulo!!! 📷 @cesinha

Uma publicação compartilhada por Junior Lima (@junior_lima) em

Apoteose

O bloco final do show é realmente de tirar o fôlego. Com o emocional já a beira do esgotamento, a sequência “Quando Você Passa”, “Desperdiçou” e “Vamo Pulá” acabam com as  últimas gotas de energia do público, mas tudo em grande estilo. Fogos de artifício ao redor de todo o teto do estádio, papel picado e muitas bolas gigantes coloridas tomaram toda a pista e pista premium, ao ponto de tapar a visão de alguns, que não conseguiram enxergar a saída de Sandy e Junior do palco.

Neste domingo (25) a dupla volta ao Allianz Parque para a sua segunda noite na capital paulista. Em outubro, Sandy e Junior retornam para shows extras nos dias 12 e 13. Não há mais ingressos disponíveis.

Escrito por Mari Pacheco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja quem são os maiores vencedores da história do VMA e quem pode mudar esse ranking neste ano

Taylor Swift quebra recorde de melhor semana de vendas de 2019 com apenas um dia de contagem