SAMU
Foto: @elektra
in ,

Saiba os detalhes sobre “SAMU”, música Léo Santana com Vitão e escrita sobre romance com Luísa Sonza

“Eu acho que vai agregar muito e vai abrir a cabeça de muita gente sobre o que eu e o Vitão costumamos fazer”, disse Léo Santana.

Nesta quinta-feira (07) Léo Santana e Vitão reuniram a imprensa para falar sobre “SAMU“, que sairá já na noite desta quinta-feira (07) e o clipe na sexta-feira (08). A música mistura os estilos já conhecidos dos artistas, mas criando uma junção única misturando pop, funk com a batida do pagode baiano.

Tema pessoal

Uma particularidade da música “SAMU” é que foi escrita pelo próprio Vitão, dedicada à sua namorada, Luísa Sonza.

A letra é sobre não querer se entregar totalmente para o amor, mas o amor acaba te engolindo“, definiu ele.

O assunto, muito comentado nas colunas de celebridades, foi representado na canção de maneira sutil e divertida.

Em uma sociedade mais empoderada, onde a objetificação feminina não é bem vista, o fato de exaltar uma mulher (tanto na letra, quanto no clipe), foi realizado de maneira natural pelo compositor Vitão, sem soar machista.

Eu acho que como compositor, na música eu uso muito realmente a minha linguagem pessoal. Eu sempre costumei ter um jeito muito doce. Não só com as mulheres, mas com qualquer ser humano. Sou muito cauteloso na maneira de falar e na maneira de cortejar (risos). Principalmente nessa música, que eu estou me referindo à Luísa, que eu escrevi quando a gente estava querendo ficar. Eu tenho certeza que o Léo também passou por isso. A gente já se encontrou para jantar e a gente conversou por isso. Portanto, por falar da Luísa, eu fui muito cauteloso”, explicou ele.

A faixa é descrita como “muito autobiográfica” por Vitão. “A gente está cantando muito sobre a minha vida“, afirmou.

A colaboração

SAMU
Foto: @elektra

O mais interessante em uma parceria é que, juntando os dois artistas, o resultado é completamente novo. Eles contribuíram, cada um, sonoramente falando. A mistura de ritmos é o mais interessante. “Acho que o especial dessa música é isso, o pop, o trap, o pagodão… Tem elementos que o nosso pagodão não costuma usar. Eu acho que vai agregar muito e vai abrir a cabeça de muita gente sobre o que eu e o Vitão costumamos fazer“, disse Léo Santana.

“Vai dar uma nova visibilidade sobre o que é o som do nordeste”

É um casamento de ritmos que não tem sido tão explorado. Acho que quando mais a gente fizer, mais riqueza musical e artística a gente têm“, soltou Vitão.

Questionados se eles pensam em levar a música para um cenário internacional, a resposta foi positiva. “Por que não, não é amigos?“, soltou Léo. “Até por ter o trap, que é uma linguagem mais estrangeira, já é uma forma de levar pra fora“, acrescentou o parceiro.

“Às vezes as pessoas ficam muito presas do que já tem sido feito, mas a minha cabeça vai muito além que isso”, disse Léo Santana.

O clipe

Mesmo sem carnaval, o verão está aí. E sim, a música foi feita pensando na vibe do verão. Além do ritmo contagiante, o clipe é bem colorido e remete à estação mais quente. A estética é bem interessante, sendo gravada em uma casa antiga e misturando elementos de natureza. Chama atenção algumas cenas em que a câmera é posicionada de baixo – deixando livre para a imaginação do público sobre a sensualidade.

SAMU
Foto: @elektra.

Por conta da pandemia, o clipe foi gravado com equipe reduzida. “Foi a primeira vez que eu gravei um clipe e realmente terminou dentro do cronograma“, brincou Vitão. Ele ainda lembrou que o diretor tinha dificuldades de enquadrar os dois artistas, já que Léo Santana é bem mais alto que Vitão. O vídeo é dirigido por João Monteiro.

Houve um debate para chegar ao resultado do clipe – cada um deu uma mãozinha. “Tem o nosso gosto, tem um pouco de cada um de nós aí“, soltou o cantor baiano.

Recepção da comunidade LGBTQI+

Léo Santana já fez parcerias com muitos artistas da classe LGBTQI+, como Gloria Groove. Questionados sobre a relação com esse público, os dois foram muitos positivos.

Eu sou grato total. Eu sempre fui muito querido por esse público e é recíproco. Até pelo meu modo artístico, atrai muito. Eu fico muito feliz, até porque eu vim desse mundo, de onde eu frequento, de onde eu sou, é natural respeitar e lidar com a diferença dos gêneros“, disse Léo.

Eu sempre recebi um carinho muito grande da comunidade. Eu sempre costumei falar muito de amor e eu acho que isso é que essas pessoas mais gostam de ouvir. De tanto desamor que elas tiveram ao longo da vida, ouvir de amor é muito importante. Além de cantar ao lado de algumas representantes do movimento, como Anitta e Luísa, eu sinto muito carinho“, afirmou o paulista.

Eles são fiéis pra caramba”, disse Léo. “E quando não gostam, não gostam“, brincou Vitão.

Pandemia

Léo Santana, principalmente, está sentindo muita falta do carnaval. Apesar de triste pela festa não acontecer como sempre, ele entende que a prioridade é a vida. “Deus queira que o carnaval aconteça em julho e tenha a vacina“, disse. No entanto, ele fez um pedido aos governantes para que olhem mais para os artistas.

“Queria que os governantes olhassem mais para nossa classe. Algumas pessoas veem o entretenimento como diversão, mas é, sim, uma profissão. Tem toda uma equipe, as bandas, os diretores, os engenheiros de som… A gente vê bares funcionando, os aviões estão lotados e, quando se faz um evento de música, a crítica vem para querer cancelar”, soltou.

As pessoas só pensam no artista, mas não é só o artista, há muita gente que depende de nós. É muito válido pontuar nisso. Às vezes as pessoas criticam muito o entretenimento como se nós estivéssemos fazendo algo errado, mas eu espero que esse ano a gente consiga flexibilizar mais o meio dos músicos trabalharem e poderem ganhar o pão de cada dia – é claro que com segurança. E que venha a vacina para fazer com mais liberdade“, completa.

Planos para o futuro

Sobre futuros lançamentos, Léo Santana confirmou parceria com Malía, que já está gravada. No caso de Vitão, ele disse que 2020 foi muito criativo, criando muitos composições e produzindo em casa, mesmo. Com muito repertório pronto, ele vai lançar o segundo álbum de sua carreira e já está preparando os detalhes dos primeiros singles.

Escute Primeiro na POPline na FM O Dia

Quinta-feira, vocês já sabem! É dia do programa POPline na FM O Dia! Após o recesso do final de ano, a partir das 20h, o programa começa tocando os lançamentos da semana em primeira mão. Na edição do dia 07 de janeiro, daremos o Primeiro Play nas músicas de Bianca, DJ Batata e MC MM, Gusttavo Lima e Léo Santana e Vitão. Você pode ouvir pelo dial 100.5 no Rio de Janeiro, site ou app.

 

 

Escrito por Caian Nunes

Tom Parker, ex-The Wanted, revela redução de seu tumor no cérebro

Gusttavo Lima é o cantor mais ouvido do Brasil no Spotify

Gusttavo Lima é o cantor mais ouvido do Brasil no Spotify