Sabrina Carpenter assina com Island Records
(Foto: Divulgação)
in ,

Sabrina Carpenter assina com Island Records

Gravadora tem também Elton John e Shawn Mendes em seu casting.

Sabrina Carpenter é a nova contratada da gravadora Island Records, subsidiária do Universal Music Group. O anúncio oficial foi feito nesta terça (26/1), aproveitando o bom momento da cantora, que escala o Top 50 global do Spotify com a música “Skin”. O single já saiu pela Island.

“Sabrina Carpenter é uma estrela. Seu vocal poderoso, sua personalidade contagiante, e sua carreira bem sucedida como cantora, compositora e atriz atestam isso. Estamos encantados por dar as boas-vindas a uma jovem mulher tão talentosa”, diz o presidente e CEO da Island Records Darcus Brees, em comunicado enviado à imprensa.

Sabrina Carpenter assina com Island Records
(Foto: Divulgação)

Sabrina vira colega de casting de Elton John e Shawn Mendes

A Island Records é a mesma gravadora de Elton John, Shawn Mendes, Bon Jovi, Demi Lovato e Nick Jonas. O novo contrato representa um amadurecimento na carreira de Sabrina Carpenter, que até então lançava seus álbuns e EPs pela Hollywood Records, selo da Disney.

“Darcus e o time da Island realmente entenderam minha visão desde o primeiro encontro. Eles tem me apoiado muito. É o lugar perfeito para eu começar um novo capítulo da minha carreira musical e evoluir como artista. Mal posso esperar para que todos ouçam no que estamos trabalhando para este ano!”, comemora Sabrina.

Efeito “Drivers License”

“Skin”, a música nova de Sabrina Carpenter, faz referências diretas a “Drivers License”, a música de Olivia Rodrigo que a cita como uma “loira mais velha”. O hit da Olivia alcançou o topo da parada global do Spotify e lidera a Billboard Hot 100 há duas semanas, o que também gerou interesse para ouvir o que Sabrina tem a dizer (ou melhor, cantar).

A fofoca está beneficiando a todos – e principalmente o Universal Music Group. Sabrina, agora com a Island, está sob os cuidados da multinacional – assim como Olivia, que é contratada da Geffen Records, outro selo da Universal.

O garoto-centro-da-treta, Joshua Bassett, é o único de outro conglomerado. Ele tem contrato com a Warner Records. Seu single “Lie Lie Lie”, apontado como uma resposta a “Drivers License”, não ecoou tanto, mas quase entrou na Billboard Hot 100.

Escrito por Leonardo Torres

BBB 21: Fiuk desabafa sobre bullying e internações

LEGO e Universal Music lançam aplicativo que transforma crianças em diretores de videoclipes