in

Rolling Stone lamenta ausência de Ariana Grande nas categorias principais do Grammy: “uma das poucas do pop não afetadas pela dominação do hip-hop”

Nesta sexta-feira (07) saíram as indicações do Grammy 2019 e Ariana Grande recebeu duas nomeações. Isso é um fato a ser comemorado, mas tem gente achando pouco para o nível de popularidade da cantora. Acontece que ela foi indicada nas categorias específicas de pop, Best Pop Solo Performance (“God Is a Woman”) e Best Pop Vocal Album (Sweetener), mas não nas principais.

A Rolling Stone criticou a falta de visão do Grammy ao excluir Ariana dessas categorias maiores. “Isso é estranho, já que Grande é uma das poucas cantoras pop aparentemente não afetadas pelo domínio do hip-hop: ‘Sweetener’, seu quarto álbum, ganhou sua maior semana de estréia, e já gerou três hits”, ressaltou.

“Seu sucesso ‘Thank U, Next’ saiu depois que o período de elegibilidade para a consideração do Grammy já havia terminado. Mas o fato de ter voado para o número um no Hot 100 sugere que os eleitores do Grammy podem ter julgado mal a cantora”, completa.

O site ressalta que não é a primeira vez que Ariana é injustiçada pelo Grammy. Antes deste ano, ela tinha quatro nomeações e nenhuma vitória. Será que essa história vai mudar daqui pra frente?

Escrito por Caian Nunes

ROCKline: Marcelo Falcão entrega datas dos próximos lançamentos

Mark Ronson e Miley Cyrus fazem primeira performance de “Nothing Breaks Like A Heart” na TV Britânica