Os irmãos Gallagher em 1995 / Foto: Getty Images (uso autorizado POPline).
in ,

Rolling Stone lista bandas com maior probabilidade de retorno

Entre as bandas e artistas que tiveram indícios de reunião analisados estão R.E.M., Oasis, Led Zeppelin e até Pink Floyd.

Vira e mexe sai uma notícia de alguma volta musical, mas quem pode voltar a se encontrar nos próximos meses? Essa foi a resposta que o site da Rolling Stone tentou entregar ao listar as bandas com a maior probabilidade de retorno para novas turnês ou até novos trabalhos.

Entre as bandas e artistas que tiveram indícios de reunião analisados estão R.E.M., Oasis, Led Zeppelin, The White Stripes, ‘N Sync e até Pink Floyd.

Leia mais

A banda de David Gilmour, Roger Waters, Richard Wright e Nick Mason, mas o site fala na possibilidade de uma turnê em torno de 15%. Já o Genesis, que parecia que não iria mais retomar alguma atividade após a doença de Phil Collins, dá o ar da graça em alguns momentos. A manutenção desses encontros deve-se exclusivamente à saúde de Phil, mas a Rolling Stone fala em probabilidade de 40% para novos trabalhos.

Genesis em Glasgow em outubro de 2021. / Foto: Getty Images (uso autorizado POPline).

As bandas com maiores chances de retorno, segundo a RS, são o Oasis (80%), Fugees (80%), o The Kinks (70%) e o The White Stripes (60%). “Não é novidade que os irmãos Gallagher têm várias abordagens sobre a perspectiva de voltarem. Liam ficaria feliz em fazer isso amanhã, mas Noel diz que tem pouco interesse em ver isso acontecer. Os dois estão se saindo muito bem em turnê sozinhos, mas uma reunião lotaria estádios ao redor do mundo e lhes renderia uma pequena fortuna. Pode levar mais uma década ou mais, mas as chances de eles fazerem isso em algum ponto parecem muito prováveis”, justificou a Rolling Stone sobre o Oasis.

Sobre o Fugees, a opinião da Rolling Stone é: “Lauryn não pode continuar fazendo esse mesmo show solo para sempre e parece que seu novo álbum nunca vai realmente acontecer. Pode levar mais uma ou duas décadas, mas imaginamos que os Fugees provavelmente dividirão o palco novamente algum dia. Colocaremos as chances em 80%”.

Sobre o Kinks o retorno, segundo a RS, deva ser algo muito pontual e breve. “Ray nem sai em turnê solo há cinco anos. É possível que eles tenham esperado muito tempo e tenham ficado muito velhos, mas um único show ou uma temporada limitada nos próximos anos parece muito possível”, justifica.

Meg White e Jack White no Madison Square em 2007. Foto: Getty Images (uso autorizado POPline).

Já sobre o The White Stripes, a possibilidade também é algo para o futuro em torno de 60%. “Eles são jovens o suficiente para que pareça provável que seus caminhos se cruzem novamente em algum ponto da estrada. Talvez eles sejam a manchete do Coachella em 2030”.

O site ainda cita o Talking Heads (com 10% de chance), The Smiths (10%), Led Zeppelin (10%), Simon and Garfunkel (20%), Sonic Youth (25%), Black Sabbath (25%), o R.E.M. (mesmo com a negativa Michael Stipe, 30%) e o ‘NSync (40%).

Escrito por Amanda Faia

Com “Havana”, Camila Cabello estabelece novo recorde no YouTube

Manno Góes catálogo é um patrimônio, uma aposentadoria do autor

Manno Góes: ‘catálogo é um patrimônio, uma aposentadoria do autor’