Rita Ora direito das mulheres
Foto: Numero Berlin
in ,

Rita Ora defende direitos das mulheres em entrevista

“Lutamos todos os dias para ter salários iguais, para ter uma voz igual”, ressaltou ela.

Rita Ora conseguiu, mesmo com dificuldades, encontrar seu lugar na indústria da música e do entretenimento. Mas ela está ciente que isso é mais difícil para as mulheres. Em pleno XXI, ainda existe um sexismo que privilegia o homem. Foi isso que ela falou em entrevista à revista Numero Berlin.

Foto: Numero Berlin

“Nós, como mulheres, lutamos todos os dias para ter salários iguais, para ter uma voz igual, para não sermos julgadas, para expressar nossa feminilidade de uma forma que não prejudique nosso poder”, disse.

A cantora se declara, sim, feminista. “Essas são coisas pelas quais lutamos todos os dias. Igualdade de gênero é algo que defendo. Sou muito apaixonada por isso“, comentou.

Foto: Numero Berlin

Rita Ora valoriza as mulheres que saem do padrão imposto pela sociedade. “Defendo direitos iguais, defendo a liberdade de expressão e defendo as mulheres que têm uma atitude forte. Para mim, o momento decisivo está acontecendo na minha carreira. Poder sentar aqui ainda hoje, tirar fotos incríveis, poder falar sobre minha carreira 10 anos depois.

A sessão de fotos feita pela revista mostra um paradigma entre a “mulher tradicional”, dona de casa, com os afazeres de lar, contrastando com uma sensualidade.

“Acho que é uma grande conquista para as artistas. E ser capaz de sustentar algo para mim e ter o próximo capítulo da minha vida e ainda estar na indústria é realmente incrível”.

Foto: Numero Berlin

Rita Ora comemora grande feito de 4 bilhões streams no Spotify

Rita Ora recebeu uma ótima notícia e fez questão de agradecer aos fãs. Ao longo dos seus anos de carreira, ela acumulou 4 bilhões de streams só no Spotify. É um número expressivo. Atualmente, a cantora prepara um novo álbum. O último foi o “Phoenix“, de 2018, incluindo vários hits.

Confira o que ela falou:

“Quando soube que vocês fizeram stream da minhas músicas 4 bilhões de vezes no Spotify!!! Muito obrigada a todos. Mal posso esperar para vê-los nos shows novamente em breve e mostrar o que temos preparado”.

Escrito por Caian Nunes

Cardi B explica motivo para não submeter “WAP” ao Grammy: “Só quando o álbum for lançado”

Justin Bieber álbum indicado ao Grammy

Grammy responde reclamação de Justin Bieber por não ser indicado a categorias de R&B