Foto: reprodução/ @ritalee Instagram
in ,

Rita Lee será homenageada com exposição no MIS

Acervo da cantora será exibido no segundo semestre

A rainha do rock nacional será homenageada mais uma vez. A vida e a carreira de Rita Lee, que está tratando um tumor no pulmão, serão temas de uma exposição prevista para o segundo semestre no Museu de Imagem e Som (MIS), em São Paulo.

Com direção artística de Guilherme Samora e curadoria de João Lee, filho da cantora, o acervo da artista ficará disponível para visitação em uma mostra exclusiva.

“Convido vocês a darem uma espiada nas lembranças que minha mãe guardou dos seus 50 anos trabalhando com música por este mundo afora, quando subia no palco e dividia com o público suas peripécias, cantando e dançando. Tempos inesquecíveis, maravilhosos e divertidos”, disse João em declaração à colunista Sonia Racy

Em suas redes sociais, Rita compartilhou a novidade com empolgação e publicou uma foto em seu acervo, cercada de figurinos ousados que fizeram parte de sua trajetória artística:

Foto:@guilhermesamora/Instagram reprodução

Mais detalhes e informações sobre ingressos serão divulgadas em breve. Seguindo os protocolos em meio a pandemia, a exposição limitará a quantidade de visitantes simultâneos.

Tumor no pulmão esquerdo

Rita Lee foi diagnosticada com um tumor primário no pulmão esquerdo, após passar por exames de rotina no Hospital Israelita Albert Einsten, em São Paulo. A informação foi divulgada pela equipe da cantora nas redes sociais nesta quinta-feira (20). Rapidamente o nome da cantora entrou para a lista de assuntos mas comentados do Twitter.

“Nossa Rita submeteu-se a um check-up no Hospital Israelita Albert Einsten, em São Paulo. Os exames apontaram um tumor primário no pulmão esquerdo”, diz o comunicado. “Bem assistida por uma junta médica, formada pelo Dr. Óren Smaletz, Prof. Dr. José Ribas M. de Campos, Dra. Carmem Silvia Valente Barbas e Dr. Ícaro Carvalho, já se encontra em casa, e dará sequência aos tratamentos de imuno e radioterapia. Agradecemos as orações e a Luz Divina”, finalizou.

Foto: Reprodução/Instagram

Familiares, amigos e uma legião de fãs da cantora, de 73 anos, comentaram a publicação mandando mensagens de apoio para a artista ícone de talento e irreverência no país. Beto Lee, filho mais velho de Rita, comentou no post com: “We will survive (nós vamos sobreviver, em português)”. Já João, filho do meio, falou: “Juntos e fortes”, publicou.

Em 2010, a cantora retirou as mamas, aconselhada pela ginecologista para evitar um possível câncer, já que ela perdeu a mãe por causa do câncer, e tinha o risco alto de desenvolver a doença.

Minha ginecologista aconselhou a retirada das mamas, algo que não fez muita diferença, uma vez que as minhas já eram pequenas”, contou a cantora, em entrevista à revista “IstoÉ”, em setembro de 2010. “Prefiro ficar sem peitos e tranquila a ficar com eles e paranoica”, afirmou ela, que decidiu não reconstituir as mamas.

Foto: Reprodução/Instagram

Em 2013, Rita falou sobre o assunto nas redes sociais ao comentar o caso da atriz Angelina Jolie, que havia se submetido a uma dupla mastectomia. “Baita fuzuê com as tetas de Angeline Jolie, tal procedimento se faz há séculos“, postou ela no Twitter na ocasião. Vida longa, Rita!

Escrito por Douglas Françoza

Thiaguinho mobiliza campanha em prol da classe artística

Thiaguinho mobiliza campanha em prol da classe artística

IZA faz retorno poderoso com o lançamento de “Gueto”