Connect with us

Rico Dalasam

Rico Dalasam aposta em visual psicodélico para clipe de “Não Deito Pra Nada”

Assista!

Published

on

Rico Dalasam lançou nesta quinta-feira (29) seu novo clipe “Não Deito Pra Nada”. Na música, o artista fala sobre sua personalidade e contradições, que são complementares. “Mesmo sem saber como enfrentar / Meios pra prosseguir / Se eu cheguei aqui / Há ainda muito chão e mil corações pra ideia brotar”, canta ele.

Essa versão é produzida por Dinho Souza e encerra os trabalhos do EP “Balanga Raba”. A direção do clipe é de Marco Loschiavo e Ricardo Spence, apostando em um visual psicodélico de fantasia. Assista:

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pabllo Vittar

“Todo Dia”, de Pabllo Vittar e Rico Dalasam, deve voltar às plataformas digitais

Colunista informa que Rico Dalasam e produtores chegaram a um acordo na batalha judicial.

Published

on

Lembra do verão de 2017 em que todo mundo cantou que não esperava o Carnaval chegar para ser vadia? O hit de Pabllo Vittar e Rico Dalasam “Todo Dia” pode estar prestes a voltar às plataformas digitais, depois de anos fora de catálogo.

A colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, informa que Rico Dalasam e os produtores Rodrigo Gorky e Arthur Gomes entraram em acordo sobre os direitos autorais da música. O advogado Felipe Caon contou que, a partir de agora, os três receberão partes iguais dos direitos correspondentes à faixa como autores e intérpretes.

Rico Dalasam entrou com um processo em 2017 contra o produtor Rodrigo Gorky. Ele reclamava por não ser remunerado como vocalista da música, sugerindo que havia sido passado para trás. A defesa de Gorky, no entanto, explicava que Rico havia concordado em abrir mão dos direitos como intérprete em troca de 100% dos direitos autorais (apesar da produção de Gorky). Rico Dalasam, por sua vez, afirmava que nunca tinha concordado com isso.

“Todo Dia” foi retirada do Youtube e das demais plataformas em julho de 2017 por conta do embate jurídico. Pabllo Vittar também deixou de cantar as músicas em seus shows. Será que agora o single vai voltar para a setlist?

Continue Reading

Rico Dalasam

Rico Dalasam diz que discos lançados este ano no segmento LGBTQ+ “são todos fracos” e que recusou parcerias com IZA e Anitta

Artista promete álbum para 2019, ” Água nessa grande seca e esgotamento”, disse.

Published

on

Rico Dalasam usou seu Twitter neste sábado (01/12) para fazer uma crítica ao que tem sido feito culturalmente no meio LGBTQ+, principalmente no meio da música. Além disso, ele questionou a atitude dos jovens gays.

“O jovem gay brasileiro quer que tudo pegue fogo, mas poucos são os incendiários. Buscam referencias televisivas ainda”, escreveu, se referindo ao ativismo. Para ele, a música reflete essa situação. “Os discos lançados esse ano no segmento são todos fracos, cheios de medo, confiados no plano de mídia e nada na arte”, soltou.

Em uma publicação que foi apagada posteriormente, chegou a falar que recusou parcerias com Anitta e IZA. “Eu sei falar com um país e provei, mas na volta eu vou falar com quem tem ouvido de alma tbm! Podia ter respondido o email da Anitta, podia ter entregue a tempo a música que ia trazer alguma relevância ao disco da iza! Mas f**a-se”, desabafou.

Rico Dalasam promete fazer sua parte para mudar esse cenário com um novo álbum. “Meu disco sai o ano que vem! Água nessa grande seca e esgotamento!! Fico muito feliz em ver quebrada queer, cada um ali sou eu em alguma fase, tipo o musical da Elza soares. Muito amor às sequências. Eu não querer gravar junto não diminui o quanto me orgulho sinto cada qual”, completa.

Relembre “Fogo em Mim”, single que Rico Dalasam lançou em 2017:

Continue Reading

Siga a Playlist