Créditos: Instagram J Balvin (@jbalvin)
in ,

Resumo Latina: Álbum de Rosalía fica para 2022

Um dos álbuns mais aguardados deste ano era o de Rosalía. Antes da pandemia, a cantora já compartilhava um pouco sobre o processo de seu terceiro álbum da carreira. Com a quarentena e isolamento social, ela chegou a lançar Dolerme, feita exatamente neste período, e comentou sobre a pausa na gravação do disco.

Depois, quando pode voltar ao estúdio, voltou a falar de novas sessões com produtores e até participou do podcast de Pharell Williams, onde conversaram e apresentaram um pouco do conceito do material.

Entretanto, a empresária de Rosalía, Rebeca Leon, acabou com as expectativas dos fãs. Em entrevista à Billboard, onde falou sobre as maneiras de empresariar grandes artistas, Leon revelou que o álbum deve chegar só em 2022. “Ela deve lançar algumas músicas esse ano, espero (…). Não o álbum”.

O terceiro álbum sucederá o El Mal Querer, de 2018, que colocou Rosalía em destaque globalmente.

ARTISTAS SE POSICIONAM SOBRE MANIFESTAÇÕES VIOLENTAS NA COLÔMBIA

A Colômbia enfrenta mais uma onda de protestos violentos há uma semana. Os cidadãos colombianos foram às ruas contra a reforma tributária apresentada pelo presidente Ivan Duque, que enfrenta críticas e manifestações políticas contrárias desde 2019.

As manifestações tomaram um caminho violento: no início da semana eram, pelo menos, 846 feridos, 19 mortes (18 civis e 1 policial) e 27 homicídios, além dos registros de violência sexual, repressão policial e prisões arbitrárias. Logo, os artistas colombianos começaram a ser cobrados por um posicionamento nas redes sociais.

A Colômbia é um país que carrega alguns dos nomes mais famosos na indústria, como Shakira, J Balvin, Karol G e Maluma. A voz de Tusa foi uma das primeiras a se manifestar contra a reforma tributária, antes mesmo da violência começar a ser reportada por vídeos de manifestantes.

Maluma chegou a criticar o vandalismo em alguns protestos e logo se posicionou a favor dos manifestantes e contra a violência policial. J Balvin e Shakira também usaram as redes sociais para denunciar a repressão com vídeos extremamente delicados e cobrar respostas não apenas do governo colombiano, mas também pedindo ajuda à ONU.

Camilo, Lido Pimenta, Kali Uchis, Piso 21, Morat, Juanes, Carlos Vives, ChocQuibTown e Bomba Estéro também usaram suas respectivas plataformas para chamar atenção da população e grandes veículos de comunicação.

J BALVIN CELEBRA ESTREIA DE DOCUMENTÁRIO E ANIVERSÁRIO COM NOVA MÚSICA

No último dia 5 de maio, a Amazon Prime Video estreou o documentário The Boy from Medellín. Dirigido por Matthew Heineman, premiado cineasta americano, a produção foca na preparação de J Balvin para um show em 2019 onde ele volta à Medellín, cidade que nasceu.

Além de mergulhar fundo na vida de J Balvin pelos bastidores e por momentos cruciais de sua vida. “The boy from Medellín é uma jornada instantânea, comovente e transparente do super astro latino J Balvin”.

Entre a estreia, protestos na Colômbia e a preparação para a chegada de seu primeiro filho, o colombiano completou 37 anos nessa sexta-feira, 7. Em comemoração, ele lançou a música 7 de Mayo, um freestyle que conta a trajetória pessoal e musical até se tornar um dos ícones mundiais para além da música.

CONFIRA OS LANÇAMENTOS DA SEMANA

Além de J Balvin, Thalía, lançou o novo single Mojito. A estrela mexicana, aliás, prepara a estreia do seu novo álbum, desAMORfosis, marcado para.a próxima sexta-feira (14).

Ozuna também chegou com novidade ao lançar Tempo, primeira canção desde o álbum conjunto com Anuel AA, Dioses. Maluma, Lérica e Mau y Ricky, Mariah Angeliq e mais artistas também lançaram novas músicas nesta semana.

Siga a nossa playlist no Spotify para não perder nenhuma novidade!

Siga a Latina Brasil nas redes sociais: 

Escrito por Douglas Françoza

Juliette posa para primeira capa de revista vestindo Ivy Park, da Beyoncé

Globoplay já tem olhos em Juliette para uma possível produção