banner com link para rádio globo
Foto: Kristian Engelsen
in ,

Entrevista: Resa Saffa Park fala sobre a série “Ragnarok” e seu novo EP, “Spaces”

Projeto musical da norueguesa criada em Dubai chega nesta sexta-feira (18), também com novo clipe.

Resa Saffa Park pode até ser mais conhecida, especialmente aqui no Brasil, por seu papel na série “Ragnarok”, da Netflix, mas assim como sua criação multinacional, seu talento também é multifacetado e a norueguesa criada em Dubai lança, nesta sexta-feira (18), seu mais novo EP, o “Spaces”.

E para falar sobre seu retorno à música após dois anos afastada, devido à pandemia de Covid-19, e, claro, sobre a última temporada da série “Ragnarok”, o POPline conversou com Resa Saffa Park, que entregou alguns detalhes de ambos os projetos.

Resa Saffa Park
Foto: Kristian Engelsen

Leia mais:

EP “Spaces”: o retorno à música

Enquanto tá sempre nas telinhas na série “Ragnarok”, da Netflix, Resa Saffa Park estava afastada da música e seu último lançamento foi exatamente em 2020, poucas semanas após a pandemia de Covid-19 praticamente paralisar todo o planeta. E por isso, o EP “Spaces”, que chega com 7 faixas, é bastante especial para ela.

“É muito animador pra mim, na verdade, porque o primeiro projeto que lancei musicalmente foi em maio de 2020, um mês após a pandemia começar. Então, em termos de shows e coisas do tipo após o projeto ter sido lançado, não aconteceu. E isso foi meio que chato, mas também me deu bastante tempo para descobrir o que eu queria, o que funcionava pra mim, que tipo de som eu queria… Então, foi isso que eu vim fazendo por dois anos. É um projeto de dois anos”, explicou Resa.

A pandemia, “infelizmente”, como disse Resa, influenciou bastante a musicalidade do EP “Spaces”.

“Eu tive bastante tempo pra pensar, eu nunca estove tanto tempo em minha própria cabeça e isso não é saudável, mas isso te faz pensar nas coisas importantes da vida.. Se sentir sozinha, não somente em relação às pessoas ao seu redor, mas ao mundo todo, eu não me sentia conectada com o mundo por bastante tempo. Então é basicamente falando de alguns pessoais. Mas, na verdade, algumas das músicas foram escritas antes da pandemia, eu só fiquei reproduzindo elas.. Então é tipo uma mistura.”

Com o Jazz como sua principal paixão, as inspirações musicais de Resa Saffa Park, durante sua vida, variam bastante. Como ela própria nos contou, foi quando ouviu “All of Me”, de Billie Holiday, que ela sabia que aquilo fazia sentido para a vida dela. Mas nomes como Nirvana, Lana Del Rey e Portishead, segundo ela, também foram grandes influências para sua música.

Já com algumas músicas lançadas ao público, a mensagem que Resa Saffa Park gostaria de passar com o EP “Spaces” reflete sobre a individualidade pessoal, sentimentos reais.

“Olhei para essa coleção de músicas e percebi que o EP é sobre manobrar seu espaço em uma sala ou com espaços entre pessoas, entre corações, relacionamentos… Eu queria falar sobre o que está na caixa ao invés do que está do lado de fora… Não fazer o que todo mundo está fazendo esses dias, não fazer o que é popular, ou que está na moda. Eu queria falar sobre o que é real, o que nós sentimos, o que sentimos na ponta dos nossos dedos, em nossos corpos.. Então espero que tenha elementos disso”, explicou.

Artista multinacional, arte multinacional

Como uma norueguesa, criada em Dubai e que morou na Inglaterra para estudar, Resa Saffa Park carrega uma grandiosa mistura de influências de todos os lugares por onde viveu. E em sua música, essa influência também se faz presente.

“Eu sempre senti que era meio que uma forasteira, de uma forma boa”, conta Resa. “Porque isso te deixa livre para ser o que quiser, porque você não cresce se conformando em ser como a sociedade espera que você seja. Então é meio que um privilégio, eu diria. Mas eu definitivamente tento embraçar ser diferente ou ter influências diferentes e visões diferentes das coisas”, completou.

Atriz de “Ragnarok”

Com seu trabalho interpretando a personagem Saxa, na série “Ragnarok”, da Netflix, Resa Saffa Park se tornou conhecida no mundo todo. Presente em várias produções de teatro quando mais nova, ela agora espera participar de mais projetos audiovisuais, seja no cinema ou na TV.

E esse desejo de atuação também levou Resa a atuar em seu mais recente videoclipe, que também chega nesta sexta-feira (18), para a música “Tendencies”. A ideia do clipe é da própria Resa, que também assumiu a direção da produção.

“Eu estou co-dirigindo o clipe, eu tenho uma equipe porque não tenho tanta experiência por trás da câmera, mas em termos de dizer ‘isso vai aqui, isso aqui’, então sim [eu sou a diretora].”, explicou Resa.

“Ragnarok” chega ao fim em sua terceira temporada, que começará a ser gravada em breve. E sobre a temporada, Resa ainda não pode revelar muito sobre a trama, mas a cantora e atriz se mostrou bastante animada com o desfecho da história.

“O que eu posso dizer é que é a última temporada, o que é triste de uma forma, mas também será super super animador. Eu já li os três primeiros episódios, não li ainda os últimos… Eu sei um pouco do que acontece já, o que me deixou bem animada!”, afirmou.

O futuro na música

Mas não pense que com tudo o que está acontecendo na carreira de Resa Saffa Park, ela não está pensando no futuro. A cantora e atriz já revelou que está escrevendo novas músicas e pensa sim em um álbum completo para um futuro não muito distante.

“Eu já estou escrevendo! É a próxima coisa que eu quero fazer, eu espero fazer um álbum, mas é um grande passo na carreira.. Teremos que ver como fica a situação da Covid, mas eu já estou compondo”, contou Resa Saffa Park.

O futuro também aguarda uma possível vinda de Resa ao Brasil para realizar um show, outro grande desejo dela. Resa já tem noção da paixão dos fãs brasileiros pela música e pelos artistas e não vê a hora de poder visitar nosso país e sentir todo esse amor pessoalmente.

Quem sabe, quando toda essa loucura de Covid-19 acabar… Estamos à espera!

OUÇA O EP “SPACES” COMPLETO:

Escrito por Kavad Medeiros

Léo Picon fala sobre linchamentos que Jade tem recebido no BBB22

“Tudo que eu não queria”, diz Bárbara sobre affair de Laís e Gustavo