in

Representante de Cardi B confirma que ela negou show no Super Bowl e protesto contra racismo

O show do intervalo do Super Bowl da NFL sempre foi um dos eventos mais falados e disputados do ano, já que é a maior audiência da TV nos Estados Unidos, mas parece que em 2019 o clima está diferente. Com o Maroon 5 fazendo o show, era esperado que Cardi B fizesse uma aparição, já que eles fizeram muito sucesso com a parceria “Girls Like You”, em primeiro lugar por várias semanas na parada Billboard Hot 100.

No entanto, parece que Cardi B negou uma participação. Foi o que um representante da rapper afirmou ao Page 6. “O boato circulando de que ela queria milhões de dólares e ter seu próprio set é falso. Nunca houve uma oferta firme. Houve conversas sobre isso, mas ela não estava particularmente interessada em participar por causa de como ela se sente sobre Colin Kaepernick e todo o movimento”, contou.

Colin Kaepernick é um famoso jogador de futebol americano que se recusou a ficar de pé durante o Hino Nacional em dos jogos, se ajoelhando e levantando os punhos. Ele fez isso em protesto contra o racismo, a brutalidade policial e a injustiça social. Após disso, ele foi impedido de jogar, mas levantou uma discussão em relação ao assunto, tendo o apoio de vários artistas. Portanto, o fato de Cardi B não participar de um evento da NFL é uma forma de se posicionar contra casos de racismo

“Mas, novamente, nunca houve uma oferta sólida para ela dizer sim ou não a respeito do Super Bowl. Ela já está confirmada para fazer um set com Bruno Mars naquele fim de semana”, completou o representante.

A final do Super Bowl acontecerá no dia 4 de fevereiro.

Escrito por Caian Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cardi B é flagrada em viagem com Offset, nega volta do casal, e diz que sexo foi ótimo

“Bad Romance”: fãs se organizam pra Lady Gaga ter primeiro clipe com 1 bilhão de views ainda em 2018