in ,

“RENAISSANCE”: Saiba o que a crítica especializada está falando sobre o novo álbum de Beyoncé

“‘Renaissance’ faz exatamente o que diz; o renascimento dos clássicos negros, e ela garante muito amor nisso”

Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira (29), o mundo inteiro parou para acompanhar de perto o lançamento do novo álbum de Beyoncé, “RENAISSANCE“, o primeiro desde “Lemonade” de 2016. O sétimo disco da cantora conta com um time de colaboradores de peso, como Robin SDonna SummerPharrel WilliamsJay-Z, dentre outros. O projeto, que faz referência as pistas de dança dos anos 1990 e é uma celebração à cultura negra, vem sendo aclamado pela mídia especializada.

Leia mais:

Foto: Divulgação

O famoso jornal britânico, The Guardian definiu o novo álbum de Beyoncé como uma trilha sonora alegre para um verão de garotas gostosas”. Com 4 estrelas, ele ainda citou que, “a longa espera dá ao seu título, ‘Renaissance’, uma multiplicidade de significados, acenando para o retorno de Beyoncé e também para o rejuvenescimento pós-pandemia da sociedade”.

“Apresentado como o primeiro ato de uma trilogia confirmada, ‘Renaissance’ fica aquém de ser o melhor longa-metragem de Beyoncé, mas ainda cumpre seus objetivos liberacionistas. É uma celebração de viver em abundância e fora do reino das expectativas dos outros e funciona como um lembrete de quão raro é testemunhar essa artista hiperdisciplinada simplesmente se divertindo em seus próprios termos. Sua sensação de liberdade é palpável e um estímulo infeccioso para a ação”, escreveu o The Guardian”.

Foto: Divulgação

O site Page Six também deu seu parecer sobre o novo projeto da cantora e disse: “Em 16 faixas colossais, a voz caramelo de Beyoncé é amplificada por cadências pulsantes que fundem sem esforços, o house music com Afrobeats para compor o melhor álbum de dança de 2022“.

“’Renaissance’ encontra Queen Bey em sua gloriosa glória, com três shots profundos de D’Ussé na boate underground mais suada da cidade de Nova York. Faz ‘Bootylicious’ soar como a música tema de ‘Barney’ e ‘Partition’ como ‘I Will Always Love You'”, comentou.

Beyoncé tracklist
(Foto: Divulgação)

A revista britânica New Musical Express descreveu o “RENAISSANCE“ como “uma celebração do amor e da alegria negra”. Além disso, eles elogiaram as habilidades performáticas de Beyoncé e suas extensas exibições de talento, afirmando que esse lançamento marca a era de uma artista renovada.

“Há pouco que Beyoncé tenha que provar algo para alguém daqui a 25 anos, mas o início deste projeto de três atos prova que ela ainda é capaz de se esforçar e mergulhar em novos sons, estilos e ethos (costumes). Em ‘Renaissance’, ela adicionou outro registro notável ao seu repertório, desta vez para continuar liderando a carga de trazer a cultura negra de volta à vanguarda das cenas de house e dance. ‘Renaissance’ faz exatamente o que diz na lata; o renascimento dos clássicos negros, e ela garante muito amor nisso”, escreveu a NME.

Queen B fez seu retorno nesta sexta-feira (29), com o novo disco “RENAISSANCE“. O projeto marca o primeiro ato de uma nova era, chega com 16 faixas no total e traz influências de housediscofunkafrobeatgroove, dentre outros gêneros musicais para celebrar a cultura negra no clima de festa das pistas de dança, dos anos 90.

Escrito por Lucas Moraes

Sequência do filme “Tomb Raider” é oficialmente cancelada

MP espanhol pede 8 anos de prisão para Shakira por fraude fiscal

MP espanhol pede 8 anos de prisão para Shakira por fraude fiscal