Foto: Macb3t/Pixabay
in

Receita de publicidade em podcast aumenta 19% nos EUA

De acordo com pesquisa realizada pela PwC para IAB, a publicidade em podcast está mais dinâmica e mensurável do que nunca

Uma pesquisa realizada pela PwC (PricewaterhouseCoopers) para o Interactive Advertising Bureau (IAB) revelou que as receitas de publicidade de podcast nos EUA aumentaram 19% em relação ao ano anterior em 2020, tendendo a ultrapassar US$ 1 bilhão (aproximadamente R$ 19 bilhões) este ano e US $ 2 bilhões em 2023.

Os dados foram impulsionados pelo resultado do último trimestre de 2020 nos EUA quando o investimento no setor cresceu 37%, chegando a uma receita de US$ 842 milhões em 2020, ante aos US$ 708 milhões do ano anterior.

Para Eric John, vice-presidente do IAB Media Center, o podcast crescerá nos próximos dois anos “aos trancos e barrancos”. “Os ouvintes de podcast mostraram que – mesmo quando se trabalha em casa – os podcasts são o meio preferido. Os anunciantes estão se beneficiando das novas tecnologias desenvolvidas para atender a esses mercados, para tornar a publicidade em podcast mais dinâmica e mensurável do que nunca”, explicou.

“A grande conclusão do comportamento do consumidor antes, durante e após a pandemia é que o podcast tem um tremendo crescimento pela frente. Os consumidores adoram ouvir e integrarão isso em suas vidas onde quer que seja. Os anunciantes adoram a flexibilidade de ajustar suas mensagens na hora. E o mais importante, as marcas continuam mudando para podcast simplesmente porque funciona: quando eles veem um anúncio, a caixa registradora toca ”, disse John.

Agilidade das mensagens e influência

A agilidade das mensagens possibilitada pela inserção dinâmica de anúncios tornou o podcast especialmente atraente em um ano imprevisível. Os profissionais de marketing valorizam a capacidade de alternar rapidamente as mensagens conforme necessário: anúncios inseridos dinamicamente, que permitem a colocação de anúncios no ponto de download do ouvinte, aumentam a participação na receita de 48% para 67% ano após ano.

De acordo com a pesquisa, anúncios lidos/pré-produzidos pelo locutor, que também colocaram mais controle nas mãos do comprador, aumentaram a participação de 27% para 35%. A leitura pelo host continua a representar mais da metade da receita por tipo de anúncio, o que ilustra o desejo do comprador de aproveitar o relacionamento direto e influente que os criadores têm com seus ouvintes.

Talvez a mudança mais importante seja que a publicidade da marca (45% da receita de 2020) está se aproximando da paridade com a resposta direta (51% da receita de 2020). Marcas maiores estão descobrindo que a publicidade de podcast pode funcionar em todo o funil de vendas.

Confira os principais insights do relatório:

  • Anúncios em formato de spot dentro dos podcasts continuam a representar três quartos (76%) das receitas.
  • Metade dos anúncios de podcast durou mais de 30 segundos.
    Notícias continuaram a ser o gênero de conteúdo principal para anunciantes de Podcast (22% de participação de mercado).
  • As marcas Direct-To-Consumer mantiveram a maior participação de mercado na categoria de anunciantes (19%), enquanto Farmacêutica mais que dobrou em participação no comparativo anual (9%).

Escrito por Rafa Ventura

Atenção

Atenção: Pedro Sampaio vira Willy Wonka em clipe com Luísa Sonza

Cantor nipo-brasileiro Yutaka lança clipe com Viegas do “No Limite”