Michael Rapino, CEO, Live Nation | Foto: Kevin Winter/Getty Images
in

Receita da Live Nation cresce com o retorno de eventos ao vivo

Com retorno dos concertos a empresa aumentou 34,2% em relação ao quarto trimestre de 2020.

O retorno dos shows nos EUA e no exterior era tudo que a Live Nation precisava desde que, por causa da pandemia, viu sua receita reduzir 95% ou mais nos últimos três trimestres de 2020. De acordo com a Billboard, os ganhos da empresa no primeiro trimestre de 2021 mostraram apenas os precursores do retorno, já que a receita dos concertos aumentou 34,2% em relação ao quarto trimestre de 2020.

O interesse dos artistas em fazer turnês depois de um ano de suspensão dá a Live Nation um “suprimento incrível” de shows, disse o CEO Michael Rapino, durante a teleconferência de resultados. Ainda de acordo com a publicação, ele espera que o número de grandes artistas em turnê na estrada em 2022 quase dobre de 25 em um ano normal para 45.

Embora tenha havido rumores de um gargalo enquanto os artistas correm para um número limitado de datas disponíveis, Rapino observou no release de resultados que mais de dois terços das noites em anfiteatros, arenas e estádios tendem a não ser utilizados por eventos esportivos ou grandes shows.

“No momento, temos um grande suprimento, não temos problemas em termos de disponibilidade, mas também não queremos amontoar tudo em três anos em um ano”, disse o CEO.

Rapino também observou com otimismo que Bonnaroo, Electric Daisy e Rolling Loud Festivals esgotaram “em tempo recorde em capacidade total”. No Reino Unido, onde a Live Nation tem 11 festivais planejados para o verão, Reading, Leeds e Parklife também estão esgotados. Rhythm and Vines, o maior festival da Nova Zelândia, também esgotou.

NFT

Os tokens não fungíveis explodiram desde a chamada de ganhos anterior em 5 de fevereiro. A Live Nation ganhou alguma experiência NFT por meio de uma venda de produtos digitais pela banda de rock Kings of Leon, que beneficiou a organização sem fins lucrativos Crew Nation para ajudar os tripulantes que perderam o trabalho durante a pandemia.

De acordo com a Billboard, a Ticketmaster já está trabalhando com equipes esportivas, festivais “e todos os outros sobre como podem adicionar um NFT a um ingresso”, disse Rapino, e “pegar um PDF chato e transformá-lo em um souvenir mágico”.

A Live Nation espera ter uma receita operacional ajustada positiva na segunda metade do ano, ajudada por uma redução de custo anual de $ 750 milhões em relação aos níveis pré-pandêmicos. O presidente Joe Berchtold explicou que a Live Nation “mudou para uma organização verdadeiramente global” e está sendo reconstruída do zero. “Quando estávamos crescendo dois dígitos todos os anos durante a maior parte da última década, não valia a pena a interrupção potencial”, disse ele.

 

Escrito por Rafa Ventura

Alok é o artista brasileiro mais ouvido a nível global no Spotify

Single Novo? Lady Gaga envia música para rádios francesas

Produtor de Lady Gaga volta a falar sobre remixes de Chromatica