Querido Evan Hansen amarga críticas ruins: "terrível", "adultos fazendo adolescentes"
(Foto: Divulgação)
in ,

Querido Evan Hansen amarga críticas ruins: “terrível”, “adultos fazendo adolescentes”

Filme “Querido Evan Hansen” foi exibido no Festival de Toronto.

O filme musical “Querido Evan Hansen”, baseado no espetáculo da Broadway “Dear Evan Hansen”, deu início ao Festival de Cinema de Toronto nesta semana. A primeira exibição do longa-metragem dividiu opiniões e garantiu críticas negativas em vários veículos.

O site Deadline disse que a adaptação é terrível. Comparou “Querido Evan Hansen” com “Caminhos da Floresta”, outro musical que não caiu no gosto popular nos cinemas. “Querido Evan Hansen poderia ter sido agradável, mas existem muitos problemas evidentes que não podem ser ignorados por uma questão de entretenimento”, publicou.

Querido Evan Hansen amarga críticas ruins: "terrível", "adultos fazendo adolescentes"
(Foto: Divulgação)

Sobre o que trata “Querido Evan Hansen”?

Estrelado por Ben Platt (que também fez o musical na Broadway), o filme conta a história do adolescente Evan Hansen, que é invisível na escola até que se torna popular graças a uma mentira. Um aluno emo-gótico do colégio comete suicídio, uma série de mal-entendidos acontecem, e todos passam a acreditar que Evan era seu único amigo. Não era. Mas ele não desmente, porque finalmente as pessoas passam a notá-lo.

“Querido Evan Hansen me incomodou no palco, e não me parece bem agora, apesar de algumas melhorias inteligentes no material. Preso em seu DNA, estão três dos pecados que considero mais enfadonhos no entretenimento de jovens adultos. Para começar, usa o suicídio como artifício. (…) Segundo, praticamente tudo o que se segue depende daqueles mal-entendidos elaborados que podem ser instantaneamente esclarecidos por um momento de honestidade. (…) Por último mas não menos importante, o filme escala atores nascidos no século passado para o papel de estudantes do ensino médio. Como em ‘A Festa de Formatura’, todos os personagens parecem velhos o bastante para terem hipotecas e filhos próprios. Platt, Dever, etc., não convencem como adolescentes”, publicou a revista Variety.

Veja o trailer:

O site IndieWire escreveu que o filme tinha tudo para ser um sucesso, mas foi afetado pelas escolhas pobres do diretor Stephen Chbosky. “Diálogos estranhos e entrecortados precedem muitas das músicas, com algumas linhas sendo meio diálogo meio lírico. (…) Simplesmente não há como misturar: ou você fala ou você canta”, diz o site.

O filme chegará aos cinemas nacionais em 18 de novembro.

Escrito por Leonardo Torres

Fã-clube gringo de Lady Gaga aclama Pabllo Vittar

Fã-clube gringo de Lady Gaga aclama Pabllo Vittar: “É internacional, tem sucesso e beleza”

Patrícia Poeta sobre cirurgia de emergência: “Rosto desfigurado”