in

“Queria orar pelo respeito e pelo amor no nosso mundo. A homofobia mata”, desabafa Maisa após morte de fã

Maisa lamentou no Twitter o falecimento de um fã e seguidor e o ódio à diversidade. Na rede social, a cantora e atriz compartilhou: “nunca vi a homossexualidade matar alguém, mas a homofobia sim. Ela mata. Separa pessoas. O ódio e o preconceito caminham juntos, só n vê quem não quer…”

Maisa ainda respondeu a um outro seguidor que revelou ter pensado em suicídio após depressão gerada por bullying por ser bissexual. “Não tem nada de errado com você”, escreveu.

Escrito por Amanda Faia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ROCKline: Ouça “Trench”, o novo disco do Twenty One Pilots

Lana Del Rey mostra trecho da inédita “How to Disappear”