Foto: Divulgação
in ,

Quem é Mariana Nolasco, que foi do cover ao autoral em 10 anos?

A cantora começou a fazer vídeos aos 13 anos e já coleciona mais de 437 milhões de views

São 10 anos de carreira, quase 1.5 milhão de ouvintes mensais no Spotify e mais de 437 milhões de visualizações no Youtube, Mariana Nolasco acumula números impressionantes e uma legião de fãs que acompanham seu crescimento na música desde que ela publicava covers na internet.

A cantora vem em uma crescente profissional desde que lançou seu primeiro álbum, em 2016, que tem como aliada a internet. Com uma semana de lançado, o vídeo da música de trabalho “Dia de Sorte”, que faz parte do seu mais recente EP “Um Dia”, já soma mais de meio milhão de views em seu canal.

A música conta com arranjo de cordas feito por Lucas Lima (marido de Sandy), e todas as faixas do EP são de composição e produção da própria cantora, o que mostra o seu amadurecimento musical.

Para conhecer melhor sobre a trajetória dos artistas e mostrar o caminho que trilhado para chegar ao sucesso, o quadro “Quem é” do POPline.Biz é Mundo da Música faz diariamente uma curadoria entre os nomes que estão despontando nos charts das principais plataformas digitais – ou que já possuem um trabalho consolidado, para se aprofundar na sua história.

Lançado em fevereiro deste ano, o quadro já publicou mais de 15 perfis de nomes que estão dando o que falar no mercado como Kant, Zé Vaqueiro, BIN, Diego & Victor Hugo, Krawk, Vitor Fernandes, Rai Saia Rodada, Salvador da Rima, Kawe, Japinha & Conde do Forró, Nathan, MC Drika e mais.

Acompanhe os artistas que estão se destacando na indústria musical acessando nosso Instagram, @poplinebizmm.

Mas, afinal, quem é Mariana Nolasco?

Mariana começou a fazer vídeos cantando aos 13 anos em seu quarto no interior de São Paulo. Gravados na versão acústica, os vídeos eram postados em sua página no Facebook. Com sua interpretação extremamente intimista/sentimental e única, conquistou milhares de pessoas pelo Brasil.

Seu canal no YouTube foi criado sem qualquer pretensão, até que um dia, uma versão acústica atingiu 1 milhão de visualizações em apenas 1 dia. A partir de então, Mariana se destaca nas mídias acumulando milhões de seguidores. Em seu repertório estavam versões de artistas como: Marisa Monte, Nando Reis, Rita Lee, Charlie Brown Jr. e Ed Sheeran. Ela chegou a ser nomeada pela própria plataforma umas das “Top 70” da América Latina, sendo uma das precursoras dos canais musicais brasileiros no Youtube, assumindo então o pódio do maior canal musical no nicho “versões” do continente.

Em 2016, lançou seu primeiro EP interpretando músicas de outros artistas no formato voz e violão, como Nando Reis. Em 2017, deu início a sua primeira mini-turnê pelo Brasil, quando participou do Rock in Rio e deu início a uma campanha de financiamento coletivo para poder lançar seu primeiro álbum autoral.

Em 2018, a cantora se apresentou no Festival Planeta Brasil, como lançamento de seu primeiro álbum autoral com três participações: Rael, Mar Aberto e Pedro Pascual. Além disso, neste ano, Mariana participou do seriado “Dois Irmãos”, dirigido por Luiz Fernando Carvalho, que foi lançado na TV Globo e do filme “Ana e Vitoria” do duo Anavitoria, lançado no ano de 2018.

A cantora gravou duas músicas em parceria com a banda americana Boyce Avenue – famosa pelos seus covers também. Uma delas, sucesso do Maroon 5, rendeu elogios e compartilhamentos da própria banda. Foi também a única cantora brasileira a fazer parte do remake de “We Are The World”, ao lado de grandes sucessos da internet mundial no próprio Capitol Studios, em Los Angeles.

Seu mais recente lançamento traz 6 músicas, todas autorais e produção da própria artista. “Não sei por onde começar” e “Era amor” iniciam a narrativa compartilhando as sensações e pensamentos gerados pelo fim de um relacionamento da cantora. Como quem conta o encerramento de um ciclo, para que, assim, outro possa se iniciar.

Já a música “Acredita”, traz a mensagem de confiança, atrelada a “Ask For Love”, que te permite entrar num estado de relaxamento e mergulho interno, a fim de perdoar tudo o que foi e se permitir caminhar e se abrir para novas possibilidades e vivências. “Dia de Sorte”, quinta faixa do EP, traz à tona esse “olhar para fora” novamente, mais alegre e vivo.

Por fim, “Alto Mar”, com participação de Vitor Kley, é o “desabrochar completo”; um novo ciclo repleto de novas possibilidades. “Isso tudo, todas as vivências e sensações, representam uma coisa só. Uma Mariana só! E no fim, somos todos parte de uma coisa só, por isso o nome “Um Só”! Vivi diferentes sensações, mas, no fim, todas elas fazem parte de mim, de você e de todos nós”, revela Mariana.

Ouça “Um Dia”, novo EP de Mariana Nolasco:

Escrito por Rafa Ventura

BBB 21: Solange Almeida defende Rodolffo e critica João Luiz

BBB 21: Solange Almeida defende Rodolffo e critica João Luiz

BBB 21: "Ele chama de mimimi, eu chamo de coragem", diz Babu sobre Rodolffo

BBB 21: “Ele chama de mimimi, eu chamo de coragem”, diz Babu sobre Rodolffo