Foto: Divulgação
in

Quem é Costa Gold, grupo de rap com mais de 775 mi de views?

O grupo acaba de lançar seu novo álbum “AUGE” pela Som Livre

São mais de 775 milhões de visualizações no YouTube, 1,4 milhão de ouvintes mensais no Spotify e uma história de quase 10 anos de estrada. O grupo paulista de rap Costa Gold, composto por Predella, Nog e DJ Cidy, acumula excelentes números apostando em músicas que retratam de uma forma diferente vivências e conclusões, de temas observados e vividos não só pelos artistas, mas por todos que escutam e se identificam com o som.

Em 2019, o grupo apostou no breakdance com “UAU”, música que viralizou e ganhou milhares de challenges no TikTok, além de mais de 21 milhões de views no clipe oficial, além de permanecer por algumas semanas no Top200 do Spotify. Outro hit que caiu no gosto dos amantes do rap foi “Irmão DQbrada!” com o Haikaiss, que já acumula mais de 40 milhões de visualizações no YouTube. Veja:

O grupo acaba de lançar seu novo álbum “AUGE”. O projeto, que sai pela Som Livre, chega às plataformas digitais com 13 faixas – sendo nove inéditas – e participações especiais de nomes como L7NNON, Papatinho, KayBlack, MC Caverinha, Rael, MC Rebecca e Jovem Dex. Mas, afinal, quem é Costa Gold? Qual a sua trajetória? O que fez ele com que eles chegassem ao sucesso?

Lançado em fevereiro deste ano, o quadro “Quem é” já publicou mais de 15 perfis de nomes que estão dando o que falar no mercado como Kant, Zé Vaqueiro, BIN, Diego & Victor Hugo, Krawk, Vitor Fernandes, Rai Saia Rodada, Salvador da Rima, Kawe, Japinha & Conde do Forró, Nathan, MC Drika e mais.

Acompanhe os artistas que estão se destacando na indústria musical acessando nosso Instagram, @poplinebizmm.

Mas, afinal, quem é Costa Gold?

Fundado em 2011 por Predella, o grupo paulista de rap Costa Gold já produziu cinco CD’s. Em 2015, na formação oficial, com Predella, Nog e DJ Cidy, lançaram ‘.155’, que apresentou uma nova identidade do grupo e surpreendeu o público com músicas irreverentes e inovadoras. Possui ainda outros dois CDs em conjunto com o Cacife Clandestino, no projeto ‘Cacife Gold’.

Em 2016 o grupo investiu na produção de singles, mostrando um trabalho muito consistente e íntegro. Em 2017, após estabelecer-se no cenário como um dos maiores na história do rap nacional, lançou ‘300’, que trouxe como participação novos nomes da cena, como Froid, Matuê e Xamã.

O Costa Gold assinou com a Som Livre em 2019 e desde então coleciona hits de sucesso. O grupo é o pioneiro do segmento a conquistar números milionários no YouTube, tendo mais de 775 milhões de visualizações e quase 3 milhões de inscritos em seu canal.

Além de “UAU!” e “Irmão DQbrada!”, o grupo emplacou “The Cypher Deffect 2”, com participações de Kant, Chayco e Spinardi; “Fogo de Chão”; “Com a Mala”, em parceria com Dudu; “30 Bandido!”; “Rap do Grande Amor”; a aguardada continuação “Dás Arábia PT.2” com Haitam; e “Lua”.

Em seu novo disco, Nog, Predella e DJ Cidy apostam em um conceito audiovisual unificado para todas as oito tracks inéditas, que chegam com music visualizers, além do clipe da música de trabalho, “O Pai Tá On”.

No conjunto de vídeos, o elevador foi escolhido com um denominador comum para contar a história do álbum. O elemento, que eleva os artistas rumo ao “AUGE”, é repleto de simbolismo. Em cada um dos visualizers os artistas atingem novos andares, sempre em direção ao topo. Ao final, com o clipe de “O Pai Tá On”, uma surpresa: o elevador desmonta e se mostra um cenário, revelando um estúdio ao redor.

“Chegamos no auge, que é a última faixa/andar, e o nosso auge é o estúdio. E quando chegamos no topo e as paredes do elevador caem, é a mensagem de que começa tudo de novo, que a gente não se acomoda”, conta Predella sobre o conceito.

Para além do material audiovisual, o novo trabalho como um todo apresenta a leitura que o Costa Gold faz sobre o conceito de auge em todas as suas possibilidades, tanto positivas – no sentido de estar no topo, no seu melhor momento – quanto negativas – podendo ser o auge da tristeza, de estar no fundo do poço.

Ouça “AUGE”:

Escrito por Rafa Ventura

BBB 21 briga

No BBB, Juliette tira satisfações com Caio: “doloroso”

MONTERO

Lil Nas X quer Rihanna e Bad Bunny para remix de “MONTERO”