Foto: JV Medeiros (@pedefeijoao)
in

Quem é Akira Presidente, rapper com quase 17 mi de views no YouTube?

Com 190 mil ouvintes mensais no Spotify, o artista acaba de assinar um contrato de exclusividade com a ONErpm

Akira Presidente é um MC carioca que ficou conhecido por ser o primeiro a ganhar a famosa “Batalha do Real”. Foi lá que Akira conheceu a cultura Hip Hop, nas batalhas de mc’s da Lapa nos anos 2000, onde começou a dar seus primeiros passos em sua caminhada como artista.

O artista acumula números expressivos nas plataformas digitais. Em seu canal do Youtube: mais de 90 mil inscritos, com quase 17 milhões de visualizações. No Spotify mais de 190 mil ouvintes mensais.

Após lançar sucessos de repercussão nacional, Akira Presidente acaba de assinar um contrato de exclusividade com a ONErpm, empresa de música que desenvolve soluções de marketing e gerenciamento de direitos para selos e artistas.

“Faço música há 20 anos e acredito muito na energia e conexão das pessoas. Por isso estou retornando para ONErpm, como se nunca tivesse saído de lá. Já estamos trabalhando muito juntos e eu estava contando os dias para anunciar sobre essa assinatura de contrato”, comenta Akira.

Mas, afinal, quem é Akira Presidente? Qual a sua história? O rapper é o destaque de hoje do “Quem é” – quadro do POPline.Biz é Mundo da Música que traz nomes que estão dando o que falar no mercado como GabráGabriela GomesJoão GomesDuquesaJessé Aguiar, Saudade, Hiran, Kika Boom, Luan Estilizado, Illy, DJ Guuga, Gabriela Rocha, Hotelo, Kant, Zé Vaqueiro, Malu, Diego & Victor Hugo, Krawk, Vitor Fernandes, Rai Saia Rodada, Salvador da Rima, Kawe, Nathan, MC Drika, OUTROEU e mais.

Acompanhe os artistas que estão se destacando na indústria musical acessando nosso Instagram, @poplinebizmm

Foto: Reprodução/Instagram

Quem é Akira Presidente?

Paulo Ferreira, o Akira Presidente, é um rapper carioca de grande destaque na cena do rap. Começou suas rimas no funk do Rio de Janeiro e próximo aos anos 200 venceu a 1º Batalha do Real, onde conheceu a cultura do Hip Hop com as batalhas de MC’s da Lapa.

Foi nas batalhas de rap improvisado que Akira descobriu sua vocação para as rimas, conheceu e conviveu com outros nomes da cena e se inseriu na cultura do rap. Ne período ele também participou do documentário “Freestyle: um estilo de vida”.

Em 2008, juntamente com Apolo (Pentághono) o artista lançou seu primeiro EP, “O Que Tu Qué?”, que contou ainda com participação de Projota na a faixa “Saber Jogar”. Nesse mesmo ano, com a direção de Pedro Gomes, fez seu primeiro clipe, lançado em 2009 na MTV.

Em 2010, Akira se firmou no cenário com o lançamento do CD “Meu Sotaque Meu Flow”, com músicas que trazem temas que vão de uma briga com a namorada até as dificuldades de se viver nos dias de hoje. O disco contou com participação de Sain e da atriz Priscila Marinho.

No ano seguinte, o rapper lançou o clipe do single “ Blunt Single Malt”, produzido pela gravadora carioca Time Forte. Em 2012 foi o ano de lançar uma mixtape intitulada “O Rei do Iêiêiê e o Presidente do Iôiôiô” remixando as músicas do seu disco “Meu Sotaque Meu Flow” com canções do rei Roberto Carlos. Um ano depois saiu o clipe do single “Bombom” com participação de Faruck da banda Start Rap, com Hélio de La Peña, Marcelo D2, Sain Kff e outros amigos no elenco.

O artista já dividiu o palco com grandes nomes brasileiros como Emicida, Criolo, Helinho (Ponto de Equilibrio), Emanuelle Araújo, Lanlan, e internacionais como Talib Kweli, K. Rocc, Soul Ja boy, além de abrir o show do rapper americano Wiz Khalifa.

Isso sem falar das inúmeras participações nos shows de Marcelo D2, com quem inclusive, possui diversas parcerias. A música “Marcando Meu Nome”, que foi trilha da novela Cheias de Charme, da Rede Globo, é uma delas. A parceria se estendeu para “Obrigado Brasil” com o Snoop Dogg, e colaborou para o CD “Nada Pode Me Parar” em quatro faixas.

Mas, foi após uma parceria com o MC e produtor musical El Lif Beatz que surgiu a ideia de criar um selo musical independente e revolucionário para a cena do rap. Em 2015 foi fundada a Pirâmide Perdida Records, gravadora que vem emplacando discos e trabalhos de alta qualidade e notoriedade no rap nacional.

Seu mais recente trabalho é o EP “FA7HER”, em que Akira conta um pouco da sua vivência como pai e rapper atuante. O disco foi bem recebido pela crítica e público, em sua maioria jovens de 18 a 22 anos, que vivem em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Em janeiro deste ano, o artista lançou o single “Melhoria Gang”, com um clipe com animação.

Ouça Akira Presidente:

Escrito por Rafa Ventura

ATEEZ atiça com foto teaser que mostra suposta data de comeback

Resenha: “The Box – No Ritmo do Coração” com Chanyeol do EXO