Brian May, Rami Malik e Roger Taylor no Globo de Ouro / Foto: Getty Images (uso autorizado)
in

Brian May estuda ideias para sequência de “Bohemian Rhapsody”

Filme de 2018 retratou a vida pré-fama e o auge na carreira do cantor Freddie Mercury.

Brian May revelou que está estudando ideias para um possível novo “Bohemian Rhapsody”, filme lançado em 2018 que retratou a vida pré-fama e o auge na carreira do cantor Freddie Mercury.

O guitarrista do Queen soltou a informação em uma live no Instagram e ao ser perguntando por um fã revelou que está estudando essa possibilidade. “Será difícil algo na sequência dele [o filme] já que nenhum de nós prevíamos o quão grande ele seria”, disse segundo o NME.

Brian May, Rami Malek e Roger Taylor na estreia de “Bohemian Rhapsody” em Londres em 2018 / Foto: Getty Images (uso autorizado)

“Colocamos nosso coração e alma na criação do filme e ninguém poderia imaginar que ele seria um sucesso tão grande quanto ‘…E o Vento Levou’, mas sim estamos pensando na possibilidade disso acontecer se tivermos um ótimo roteiro. Vai demorar um tempo até entendermos isso”, continuou.

Um novo Bohemian

As especulações sobre uma sequência começaram ainda em 2019 quando Rudi Dolezal, diretor de clipes do Queen, disse que naquela época já estavam conversando internamente sobre um novo longa. “Tenho certeza que ele [Jim Beach, empresário da banda] estão conversando sobre uma sequência que começa com o Live Aid”, soltou ao Page Six.

Leia mais:

Repercussão mundial

“Bohemian Rhapsody” saiu em 2018 dirigido por Bryan Singer e foi um sucesso de crítica e de público. O filme conta a história de Freddy Mercury e da criação do Queen até a revelação da doença do cantor e o grande evento do Live Aid em 1985.

“Bohemian Rhapsody” se tornou a sexta maior bilheteria mundial de 2018, concorreu a Oscar de Melhor Filme e venceu as categorias de Melhor Edição, Melhor Edição de Áudio e Mixagem, além de dar a Rami Malek o Oscar de Melhor Ator. Também foi vencedor do Globo de Ouro de Melhor Filme e Melhor Ator. Malik ainda levou os prêmios de do Screen Actors Guild e BAFTA com o longa.

Rami Malek e seu Oscar de “Melhor Ator” em 2019 / Foto: Getty Images (uso autorizado)

Segundo o Page Six, a arrecadação global passou de 870 milhões de dólares no mundo. O filme custou US$ 50 milhões.

Escrito por Amanda Faia

grávida de taubaté

Mulher confessa que inventou história de filho com Xamã

Get Into It (Yuh)

Ator Dylan O’Brien viraliza após challenge com música de Doja Cat