Menos é Mais. Foto: Divulgação
in ,

Que Hit É Esse, POPline? Menos É Mais fala sobre o estrondoso sucesso de medley com mais 250 milhões de views

Sucesso é composto pelas canções “Melhor Eu Ir / Ligando os Fatos / Sonho de Amor / Deixa Eu Te Querer”

Só no YouTube esse medley do Menos é Mais supera as 250 milhões de visualizações. Nas plataformas, o grupo com apenas três anos de carreira, é um verdadeiro fenômeno e os números não passaram despercebidos. Eles foram os vencedores da categoria “Experimente” do Prêmio Multishow 2020, desta quarta-feira, e explicam com exclusividade ao “Que Hit É Esse, POPline?” os bastidores de “Melhor Eu Ir / Ligando os Fatos / Sonho de Amor / Deixa Eu Te Querer”.

A canção já fazia sucesso nos shows do grupo, mas bastou chegar nas plataformas digitais para estourar em todo o Brasil. “Nós trazíamos essas quatro faixas no nosso repertório, separadamente. A gente sentia que trazia uma energia diferente, no ‘Churrasquinho do Menos é Mais‘, que foi nosso projeto carro chefe, a gente resolveu gravar essas quatro musicas de novo, mas em sequencia. A repercussão foi ótima. Foi nossa primeira música a trazer um milhão em tão pouco tempo, e nessa semana, bateu 250 milhões de visualizações, um recorde do nosso canal”, adianta Gustavo Goes, instrumentista do grupo.

O sucesso do medley foi tamanho que ultrapassou barreiras e fez o grupo ser conhecido em todo o território nacional. Não foi a toa que eles levaram a melhor na categoria “Experimente” do Prêmio Multishow 2020. Apesar da alegria, a pandemia do novo coronavírus adiou os planos dos meninos.

A gente começou a rodar um pouco antes da pandemia, quando começamos a fazer viagens e o pessoal a conhecer a gente, mas, como a gente tinha um trabalho consolidado na internet, o pessoal pode acompanhar, mesmo a gente fora da estrada, a gente ficou muito feliz, porque pudemos manter contato com nosso publico. É uma vitória”, comentou Jorge Farias, instrumentista do grupo.

Menos é Mias. Foto: Divulgação

Para ele, o reconhecimento espontâneo do público é o maior presente que o Menos é Mais poderia ganhar. “O maior feed back foi poder ser reconhecido e rodar no pais todo. É nosso sonho viver da musica. No ‘Churrasquinho’ a gente teve essa aproximação do futebol, pessoal da boleiragem, e de pessoas que somos fãs, todas comentando nossa música. Tá tocando no nordeste ou no norte”, comemora Jorge, que ganha apoio de Gustavo na fala. “Também tem o reconhecimento da família, viver de musica não é um caminho fácil e a partir do momento que o pessoal passou a acreditar… foi uma mudança enorme”, diz.

Ninguém pode negar que os meninos são superfãs de futebol. Tanto que o feat dos sonhos de Eduardo ‘Duzão’ Caetano, vocalista do grupo, é ninguém menos que… “Chamaria o Neymar pra cantar”, diz ele de bate pronto. “Postou um vídeo escutando o ‘Churrasquinho’. Foi uma loucura. E também chamaria outros jogadores, o Tiago Silva, Denilson, Marcelinho…”.

E os planos não param por aí. Depois do “Churrasquinho do Menos É Mais”, o grupo já tem um novo projeto com participações espeiciais. “Estamos finalizando nosso primeiro álbum autoral, onde vão envolver 16 faixas, com músicas que a gente se identifica e acredita. Vão ter participações de grandes nomes da musica, que ainda não podemos contar, mas o pessoal vai curtir bastante. Prepara o coração”, disse Jorge.

Escrito por Leonardo Rocha

Com “Rainha da Favela”, Ludmilla domina os vídeos em alta no YouTube Brasil

Luan Santana canta pelo pantanal no clipe de “Um Grito Entre as Cinzas”