in

“Quase um ano após o lançamento do álbum, todas as faixas de ‘Camila’ continuam relevantes”, elogia MTV

Camila Cabello encerra o ano com uma matéria super elogiosa da MTV americana, que classificou o álbum “Camila” como um dos mais notórios de 2018. O título não se deve apenas ao seu sucesso comercial, mas por apresentar uma nova artista ao público: Camila escreveu as próprias canções e “encontrou sua voz, seu som e sua história”, segundo a matéria.

“Camila Cabello levou apenas 360 dias para lançar seu álbum, autointitulado, depois do anúncio turbulento de sua saída do grupo feminino que a deixou famosa. É esse mesmo álbum que, desde seu lançamento, trouxe dois singles multiplatinados para Camila, uma indicação ao Grammy e duas grandes vitórias no Video Music Awards (VMA)”, diz o texto.

A MTV destaca também o sucesso particular de “Havana” – resultado de uma batalha pessoal de Camila Cabello com a gravadora para lançá-la. Inicialmente, a música saiu sem investimento de single. Ela só ganhou o status quando começou a tocar muito nas plataformas digitais e ganhar espaço espontâneo nas rádios. Com o investimento, o estouro foi global. “Depois do sucesso de Havana, Camila descartou músicas escritas previamente, abraçou mais suas raízes cubano-americanas e fez músicas de coração. Afastando-se do pop comum mainstream com o qual estava acostumada no Fifth Harmony, o produto final de Cabello foi ‘Camila’, um álbum tão autêntico quanto poderia ser”, pontua o canal, “agora, quase um ano após o lançamento do álbum, todas as faixas de ‘Camila’ continuam relevantes. (…) Com o sucesso de ‘Havana’,’Never Be the Same’ e ‘Consequences’, Cabello está provando que não importa o ritmo ou o instrumental, seus vocais e seu talento para compor são a chave para seus sucessos”.

Escrito por Leonardo Torres

Exclusivo: veja fotos do primeiro clipe de Mazzoni, primeira agenciada de Ludmilla

Miley Cyrus responde se gostaria de gravar outra música com Britney Spers