Foto: divulgação
in ,

Produções latinas seguem dominando plataformas de streaming

Já começou o cursinho de espanhol? O idioma está cada vez mais presente não só nas rádios e paradas musicais, mas também nas plataformas de streaming como a Netflix. Só nessa semana, três produções foram confirmadas.

SKY ROJO, SÉRIE DOS CRIADORES DE LA CASA DE PAPEL

La Casa de Papel e Vis a Vis são duas das séries espanholas mais queridas disponíveis na Netflix. Os mesmos criadores dessas produções de sucesso se preparam para o lançamento de Sky Rojo, que tem estreia marcada para 19 de março.

Se a assinatura de Alex Pina e Esther Martínez Lobo não for o suficiente, a série promete ter inúmeros outros atrativos. Lali, artista argentina, é uma das personagens principais da trama, ao lado de Verónica Sánchez e Yani Prado. Elas dão vida a três prostitutas que fogem do cafetão, não sem antes deixá-lo gravemente ferido.

Até o momento, duas temporadas de oito episódios cada estão planejadas, cada um com cerca de 25 minutos. De acordo com Pina e Lobo, Sky Rojo mostra “a impunidade, ambiguidade e realidade brutal da prostituição e os retratos psicológicos de quem está em ambos os lados”.

SELENA: THE SERIES – SEGUNDA PARTE

Foto: reprodução @selenanetflix/Instagram

A série original da Netflix que conta a história de Selena Quintanilla, uma das maiores artistas latinas e mais queridas de todos os tempos, tem data oficial para continuar a trama. A primeira parte de Selena: The Series, com Chris Serratos (The Walking Dead) interpretando a eterna Selena, já está disponível na plataforma. Os primeiros episódios renderam críticas dos dois lados e mais de 20 milhões de casas deram play na produção durante a primeira semana do lançamento.

A segunda parte da trama, marcada para estrear no dia 14 de maio, mostrará a ascensão da artista na música tejana, enquanto tenta equilibrar o novo sucesso, o tempo com a família e o amor não aprovado pelo pai.

VIDA DE FRIDA KAHLO GANHARÁ MINISSÉRIE

Ainda em fase inicial, a CIC Media confirmou a produção de uma minissérie sobre a vida de Frida Kahlo, uma figura ícone no mundo todo.

Frida, um dos símbolos do feminismo e movimento LGBTQ até os dias atuais, faleceu em 1954, com apenas 47 anos, e não foi reconhecida enquanto viva. Foi a partir de 1970, quando suas obras foram “redescobertas” por historiadores e ativistas, que, por fim, ganharam o devido reconhecimento pela inspiração na cultura do próprio país. Em suas pinturas, além de retratos e autorretratos, Frida Kahlo explora questões de classe, raça, gênero, pós colonialismo e outros assuntos sociais.

Com autorização da Frida Kahlo Corporation, que cuida dos direitos autorais da pintora, a minissérie terá um “alto conceito”. Segundo os roteiristas da minissérie, Joel Novoa e Marilu Gonidez, “a ideia é falar aquilo que os livros não falam”, disseram em um comunicado. “O subtexto por trás de cada pintura, a riqueza do século XX e a revolução. Temas que são incrivelmente relevantes neste momento”.

Em fase de desenvolvimento e escrita da base da produção, a equipe pretende apresentar o projeto nas próximas semanas e começar as gravações no próximo semestre.

CNCO: GANHE UM KIT ESPECIAL

Que tal garantir o look do primeiro rolê pós vacina? A Latina Brasil está sorteando um kit do CNCO, a maior boyband latina, com moletom, pôster e mais!

Para participar, basta seguir os seguintes passos:

  • Siga a Rádio Latina Brasil no Instagram
  • Curta a foto/post oficial no nosso feed;
  • Marque dois amigos nos comentários (não serão considerados marcações de perfis de empresa, falsos e/ou celebridades);
  • Você tem até o dia 05 de fevereiro para participar e o resultado sai no mesmo dia! Mas antes, não deixe de conferir o regulamento.

Escrito por Latina Brasil

Rodriguinho assume agressão contra ex-mulher Nanah Damasceno

Miley Cyrus tem depósito roubado em Los Angeles