Foto: redes sociais
in ,

Prêmio Nacional Rap TV terá performances e manifesto político; confira

Veja a lista completa de indicados!

A falta de representatividade e a invisibilidade da cultura urbana na grande mídia fez com que a cena do rap nacional se movimentasse e encontrasse formas de valorizar o trabalho de artistas do movimento. O Prêmio Nacional Rap TV é uma dessas inciativas. O evento chega a sua segunda edição com uma cerimônia virtual no canal do Rap TV no Youtube neste domingo (5), a partir das 20h.

Com foco na produção nacional, o evento visa incentivar e apresentar talentos de todos os cantos do país. A inclusão de artistas LGBTQIA+ também é um preocupação. Neste ano, eles prepararam um manifesto especial como parte das atrações da premiação. Abaixo, confira as principais informações e a lista de indicados.

Leia mais: 

Performances e manifesto político pelas eleições de 2022

A transmissão que revelará os melhores do ano promete ser embalada por talentos da cena. Apresentações intimistas de Leall, Febem, Brasil Grime Show, N.I.N.A., Nill, Luiz Lins e Veigh estão confirmadas na cerimônia, que será comandada por Felipe Mascari, Marcílio Gabriel e Bruna Braga.

A participação dos artistas Coruja BC1 e Pacha Ana devem trazer um tom politico para o evento – que celebra uma cultura que é essencialmente política. Ambos aparecerão em vídeo para a leitura de um manifesto político com foco nas eleições de 2022. O texto deve pontuar a posição do rap contra a violência do estado e o projeto de extermínio das minorias, da cultura, da educação.

Foto: divulgação

Valorizando a democracia, o manifesto também incentivará o público do rap a votar a fim de mudar os rumos da história. “Não podemos deixar acontecer em 2022 o que aconteceu em 2018. O governo atual fere uma das premissas básicas do nosso movimento, que é o respeito. Além disso, fere características da nossa existência, com racismo, homofobia, machismo, classismo, elitismo”, destaca a MC e poetiza mato-grossense Pacha Ana.

Coruja BC1, dono do ótimo álbum “Brasil Futurista”, destaca a importância de conhecer a história do movimento: “No Brasil, o rap, o movimento Hip-Hop, teve e tem um papel fundamental contra o racismo, a desigualdade social. É preciso manter isso”.

Categorias e Indicações

O Prêmio Nacional Rap TV ganhou novas categorias em sua segunda edição e, agora, totaliza 15 prêmios. A escolha dos finalistas foi feita por um corpo de jurados composto por 200 pessoas, com jornalistas que cobrem a cultura Hip-Hop, jornalistas culturais e musicais, produtores de conteúdo, influenciadores e outros integrantes da cultura Hip-Hop.

Os indicados estão espalhados nas seguintes categorias: MC do Ano (masculino), MC do Ano (feminino), Álbum do Ano, Melhor EP , Melhor Música, Melhor Feat (2 artistas), Melhor Feat (3+ artistas), Melhor Clipe, Melhor Capa, Beatmaker Destaque, Hit do Ano (com votação pública), Revelação do Ano, Aposta RAP TV, Mídia Destaque e Podcast Destaque.

Um dos nomes de destaque neste ano é o rapper carioca Leall, que recebeu 4 nomeações impulsionadas pelo do sucesso do seu álbum “Esculpido a Machado” – lançado em março deste ano. Em declaração ao POPline, ele destacou o trabalho realizado ao longo dos últimos meses e elogiou o momento pelo qual a cena passa.

“Fico muito feliz de ser indicado em tantas categorias, este ano é muito importante para mim, a gente trabalhou muito para fazer o disco acontecer, e também foi um ano muito rico para a cena, muito artista brabo, mas mesmo assim, não foi uma surpresa para nós ter essas indicações porque realmente trabalhamos muito mesmo, modéstia à parte, fizemos um trabalho perfeito, não só no disco Esculpido a Machado, mas como em todos os outros singles, tipo “Demonike” – disse Leall ao POPline.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por RAP TV (@raptvbr)

O rapper também elogiou iniciativas como o Prêmio RAP TV, feito por pessoas da cena e que entendem de rap nacional. “Acho que essas iniciativas, como o Prêmio RAP TV e outros tem uma grande importância para fomentar a cena. Todo mundo quer ganhar prêmio, quer conquistar algo que venha desse pessoal que entende do assunto, são pessoas relevantes que votam e escolhem, sabem do que estão falando”, disse o rapper.

O beatmaker mineiro VHOOR – que recentemente lançou o álbum “Baile” ao lado de FBC – é um dos indicados à categoria “Beatmaker Destaque“. Ele destaca que eventos como este ajudam na divulgação de artistas da cena. “O que mais acho legal nas categorias é ter também para os bastidores do rap, com o pessoal da produção, os beatmakers, DJs e isso é muito interessante porque isso valoriza como o Hip-Hop é feito, com todos os elementos agregados”, comenta o músico.

“BAILE”: FBC e VHOOR apresentam álbum divertido inspirado no Miami Bass

Conheça a lista completa de indicados em todas as categorias do Prêmio Nacional RAP TV 2021:

Melhor Álbum:
Febem – Jovem OG
Flora Matos – Do Lado de Flora
Leall – Esculpido a Machado
Major RD – Troféu
Rico Dalasam – Dolores Dala Guardião do Alívio
Sant, LP Beatz – Rap Dos Novos Bandidos

Melhor EP:
Big Bllakk – ERREJOTACULTDRILL Vol. 1
Cristal – Quartzo
Filipe Ret – Imaterial
Gloria Groove – Affair
Tasha & Tracie – Diretoria
Victor Xamã – Calor

Melhor Música:
Don L – “Na Batida da Procura Perfeita”
Emicida – “É Tudo pra Ontem” (part. Gilberto Gil)
LEALL – “Pedro Bala”
MD Chefe – “Tiffany”
niLL – “Control” (part. DijahSB)
Tasha e Tracie – “Salve”

Melhor Feat com 2 MCs:
Bivolt – “Tu e Eu” (part. Emicida)
FBC – “Se Tá Solteira” (part. Mac Julia)
Flora Matos – “Valeu” (part. MV Bill)
MD Chefe – “Rei Lacoste” (part. DomLaike)
Vandal – “BALAH IH FOGOH” (part. Djonga)
Victor Xamã – “I Can See the Sun” (part. Zudizilla)

Melhor Feat com 3+ MCs:
ADL – “Favela Vive 4” (part. Mc Cabelinho, Kmila CDD, Orochi, Cesar MC e Edi Rock)
Bielzin – “A Cara do Crime (Nós Incomoda)” (part. MC Poze do Rodo, PL Quest e MC Cabelinho)
Fleezus – “Tracksuit Mafia” (part. Febem e PLK)
Larinhx – “Camisa 10” (part. Ebony e Ikinya)
Sant – “AQL SLV” (part. SD9, VND e Tiago Mac)
Urias – “Maserati” (part. Ebony e Monna Brutal)

Melhor Clipe:
Black Alien – “Carta para Amy”
Criolo & Tropkillaz – “Sistema Obtuso”
Don L – “Na Batida da Procura Perfeita”
Gloria Groove – “A Queda”
Matuê – “Quer Voar”
Tássia Reis – “Shonda D+” (feat. Urias, Preta Ary e EVEHIVE)

Melhor Capa:
Leall – Esculpido a Machado
Rico Dalasam – Dolores Dala Guardião do Alívio
Sant, LP Beatz – Rap dos Novos Bandidos
Tasha & Tracie – Diretoria
Thiago Elniño – Correnteza
Victor Xamã – Calor

Revelação:
Larinhx
Major RD
MD Chefe
N.I.N.A.
Teto
TZ da Coronel

Beatmaker Destaque:
Ajaxx
BADSISTA
Mu540
Papatinho
SonoTWS
VHOOR

Mídia Destaque:
Brasa Mag
Genius
Hip Hop DX
Inverso
Kalamidade
Rap Mais

Podcast Destaque:
Enxuga Gelo
Gringos Podcast
Inverso Podcast
Mano a Mano
Podpah
Rapfalando: podcast

Melhor MC Masculino:
Febem
Leall
Matuê
MC Poze do Rodo
Rico Dalasam
Victor Xamã

Melhor MC Feminino:
Bivolt
Cristal
Flora Matos
Gloria Groove
Tasha e Tracie
Tássia Reis

Aposta RAP TV:
Big Bllakk
Brandão85
Duquesa
Lis MC
Nic Dias
Tokio DK

Música Mais Streamada:
Categoria sem votação.

Hit do Ano:
BIN – “Saturno” #RAPTVHitBin
Djonga – “Easy Money” #RAPTVHitDjonga
Filipe Ret – “Corte Americano” (part. L7nnon) #RAPTVHitRet
Gloria Groove – “Bonekinha” #RAPTVHitGloriaGroove
L7nnon – “Freio da Blazer” #RAPTVHitL7
Matuê – “Quer Voar” #RAPTVHitMatue
MC Poze do Rodo – “Vida Louca” #RAPTVHitPoze
MD Chefe – “Rei Lacoste” (part. Dom Laike) #RAPTVHitMDChefe
Tasha e Tracie – “Salve” #RAPTVHitTashaTracie
Teto – “M4” (part. Matuê) #RAPTVHitTeto

Escrito por Douglas Françoza

Perfil oficial do RBD começa a seguir cantores e fãs criam teorias

“Acho que o segundo é melhor”, afirma Zachary Levi sobre Shazam