Karol Conka revela história de transfobia de Nego do Borel
(Foto: Reprodução / Instagram @karolconka)
in ,

Pós-BBB: Karol Conká dobra audiência no Spotify

Rapper foi ouvida 214 mil vezes pelos usuários da plataforma

Não é porque o público eliminou Karol Conká com recorde de rejeição no “Big Brother Brasil 21”, que a rapper está esquecida no churrasco. Muito pelo contrário. Com uma participação meteórica no reality show da Globo, a Mamacita aumentou seu numero de ouvintes no Spotify.

Com uma carreira consolidada na música, a estrela tinha 610.627 ouvintes mensais na plataforma de streaming em 19 de janeiro. Entretanto, após um mês de sua estadia no “BBB 21”, no último dia 23, antes de sua eliminação do programa, Karol chegou a contabilizar 697.770 ouvintes mensais, um aumento de 14,3% em pouco mais de um mês. Nada mal, após uma vitrine tão grande.

Equipe suspende lançamento de single da Karol Conka
(Foto: Reprodução / Instagram @karolconka)

As reproduções na última quarta-feira (24), mais do que dobraram em comparação ao dia anterior. Suas músicas foram tocadas 214 mil vezes pelos usuários da plataforma, batendo de lavada a marca da última terça (23), dia da eliminação, com a marca de 100 mil reproduções, o que já tinha sido a sua melhor performance no mês.

O número de ouvintes diários que Conká conquistou também acompanhou este crescimento. Se na terça, cerca de 50 mil usuários ouviram músicas dela, na quarta, foram 76 mil contas. Na média, cada uma dessas pessoas reproduziram pouco menos de três músicas dela neste dia.

Algo do tipo só havia acontecido na carreira da artista em novembro de 2019, quando estava lançando o seu segundo álbum “Ambulante”, e havia cantado no Rock in Rio semanas antes.

BBB 21: Karol Conka reclama de ataques racistas
(Foto: Reprodução / Instagram @karolconka)

Apesar dos números vitoriosos nas plataformas, a imagem arranhada da rapper, após brigas e polêmicas dentre da casa mais vigiada do país, lhe rendeu o cancelamento de alguns contratos. Seus 29 dias de confinamento, debitaram até R$ 5 milhões em contratos suspensos, segundo o levantamento feito a pedido da revista Forbes pela Brunch.

O retorno desse crescimento no número de ouvintes deve ser baixo, de apenas US$ 2.428, sem contar que todo pagamento de direitos autorais de músicas devem ser divididos com a gravadora e eventuais compositores envolvidos na produção, aponta Ricardo Kurtz, fundador e presidente do ZoOme.TV, plataforma de streaming de vídeo, que tem o objetivo de aprofundar a interação entre canais, influenciadores, marcas e seus seguidores.

Escrito por Leonardo Rocha

Jesy Nelson Little Mix

Em estúdio, Jesy Nelson (ex-Little Mix) solta teaser de música solo

Inspiração? Com blusa estampada com Gaga e Miley, Luisa Sonza segue gravando próximo álbum