Foto: divulgação
in ,

POPline entrevista: McFly canta sobre saúde mental com delicadeza, inteligência e maturidade

Banda falou sobre a mudança no repertório da turnê que passará pelo Brasil após a pandemia!

Tonight is The Night” é daquelas canções que emociona quem é fã, pois cria uma clara conexão entre o artista e ouvinte. Isso acontece quando o depoimento é verdadeiro e espontâneo. No caso do mais novo single do MCFly, ele deixa explícito que até os grandes ídolos passam por perturbações e problemas que envolvem a saúde mental.

Quando se é honesto quanto a isso, dá-se vida a uma letra tão singela e tocante como a elaborada por Tom Fletcher, também responsável pelas primeiras notas de piano que resultaram na produção. Danny, responsável pela produção da faixa, e Harry demonstram ter consciência de que a letra do novo single é o seu ponto alto. “Era como se a melodia fosse bem fácil, mas a letra demorou um pouco, mas quando ficou pronta era como se fosse uma música realmente completa e tivesse um verdadeiro significado”, disse Harry.


Ao conversar com metade da banda, a impressão que fica é de que a temática que colore “Tonight is The Night” é tratada de uma maneira honesta por todos os membros. Ser honesto sobre um assunto tão delicado como a saúde mental exige intimidade e maturidade que só longas estradas, como a do MCFly, podem proporcionar.

A prova disso é que, quando perguntados sobre a fama e crescer em uma banda de rock, eles garantem que a dinâmica de trabalho entre amigos acabou funcionando como um válvula de escape para os problemas pessoais que tiveram ao longo da vida. “Se alguma coisa nos incomodava em nossas vidas pessoais, tínhamos nossos parceiros de banda para conversar e nos distrair. Então, de certa forma, foi uma fuga”, disse Danny.

Foto: divulgação

Novo álbum

No dia 13 de novembro, as fãs da banda finalmente terão acesso a um álbum de inéditas que representa o momento pelo qual o McFly passa. É cada vez mais comum que artistas evitem o formato e apostem em singles avulsos, mas o grupo garante que esse não é o interesse da banda, que se define como “old school” em relação a formatos de lançamentos. “Pensamos no álbum como um corpo de trabalho e acho que sempre será difícil fugir porque uma música isolada parece um pouco irrelevante, não significa o suficiente”, disse Harry ao valorizar a produção de álbuns completos

“Em essência, o McFly ainda está vivo. Ainda estamos juntos e ainda nos divertindo…”, disse Danny

.Sobre uma possível mudança no modo de criar suas novas canções, eles dizem que tudo continua da mesma forma. “Há uma abordagem diferente para cada álbum, mas ainda são as mesmas pessoas, compositores e o processo de sempre. Uma coisa que eu notei no nosso modo de produzir é que as músicas ganham vida à medida que são escritas”, disse Harry.

“Nós nunca sentamos e decidimos que queremos escrever sobre algo ou que queremos levar tal mensagem. Nós até temos uma ideia de como queremos que nossa música soe, mas tudo ganha um significado quando estamos escrevendo”, completou o mais falante da dupla.

O status de Young Dumb Thrills comprova a organicidade da qual os meninos falam. Por enquanto, o projeto não está totalmente pronto e, de acordo com eles, as novas músicas criam um equilíbrio que pode ser percebido pelas faixas já lançadas. Enquanto “Growing up” cuida do meio de campo, Happiness é uma música mais animada e colorida e Tonight is The Night abraça a melancolia. Harry afirma que, das canções lançadas até agora, a última é sua preferida, mas que não pode afirmar que será a preferida do álbum, nem dos outros rapazes.

Documentário

Danny e Harry ficaram surpresos quando contamos sobre as iniciativas de fãs brasileiras de produzirem um documentário sobre a passagem da banda pelo Brasil.“Temos uma câmera que fica lá gravando tudo, na maior parte do tempo, então, em algum momento, num futuro próximo, haverá”, disse Harry ao ser perguntado sobre a produção de um documentário retratando a nova fase da banda.

Turnê pelo Brasil

Foto: reprodução Instagram @dannyjonesofficial

As últimas semanas de setembro trouxeram novidades para as fãs da banda, que puderam ouvir um single profundo e contundente produzido pelos meninos, mas, por outro lado, a lacuna deixada pelo segundo adiamento da turnê pelo Brasil ainda está aberta. O McFly tinha shows marcados em 7 cidades brasileiras: Uberlândia, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Ribeirão Preto, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre.

Talvez o adiamento dos concertos tenha seu lado bom. Em entrevista ao POPline, Danny afirmou que o show chegará diferente ao Brasil, já que as músicas do “Young Dumb Thrills” serão incluídas no repertório, sem deixar de lado os hits queridinhos das fãs. “O setlist do Brasil será diferente do setlist do Reino Unido. Sempre olhamos para isso no twitter [o que os fãs querem ouvir] e tentamos adicionar aos shows”, disse Danny se referindo as diferenças entre os públicos.

Os astros parecem animados com a vinda ao país, já que, ao deixarem um recado para as fãs brasileiras, arriscaram palavras em português. “Oi. Tudo bem? Eu te amo, Brasil. Obrigado. De nada”, finalizou Danny com bom humor.

Escrito por Douglas Françoza

Festa do BLACKPINK

BLACKPINK: Veja como foi a festa de lançamento na casa de fãs ganhadores da nossa promo!

Performance 5 de 5: BTS encerra sua semana no “The Tonight Show” com performance de “Dynamite”