Foto: Divulgação
in ,

Pokémon Unite: Servidores ficarão fora do ar para lançamento no celular

Jogo, até agora exclusivo do Nintendo Switch, chega aos dispositivos mobile dia 22 de setembro.

Desde seu lançamento, no dia 21 de julho, o game Pokémon Unite, um MOBA ao estilo League of Legends, já é um verdadeiro sucesso e agora se prepara para chegar ao celular. Para isso, os servidores do jogo ficarão fora do ar.

Pokémon Unite
Foto: Divulgação

O lançamento de Pokémon Unite (apelidado carinhosamente de PokéLoL) para os dispositivos mobile (iOS e Android) acontece na próxima quarta-feira (22) e por isso os servidores do game, até o momento exclusivo para Nintendo Switch, ficarão fora do ar a partir das 18h do dia 21 de setembro e só retornando às 4h do dia 22, no horário de Brasília.

A chegada do game para celulares transformará Pokémon Unite em um jogo online cross-plataforma, ou seja, jogadores do Nintendo Switch poderão jogar com os de mobile. Ainda não se sabe se a chegada do público mobile ao game mudará algo para quem joga no console híbrido da Nintendo.

No console, Pokémon Unite já foi baixado mais de 9 milhões de vezes. Já nos celulares, mais de 7,5 milhões de pessoas se registraram para terem acesso ao game assim que for lançado.

Vale lembrar que tanto para o Nintendo Switch como para os celulares, Pokémon Unite é gratuito, com microtransações dentro do jogo.

Pokémon: Netflix produzirá série em live-action da animação

Pokémon: série live-action da Netflix tem “Detetive Pikachu” como inspiração (Foto: Reprodução)

A animação “Pokémon” fez tanto sucesso no final dos anos 90, que até hoje ela gera novas temporadas, jogos e também monstrinhos de bolso. Ao todo já são cerca de 890 criaturas. Então, por que não expandir um pouco mais desse universo? É justamente isso que a Netflix fará com a sua série live-action da animação.

O projeto ainda está em fase de desenvolvimento. Ou seja, há poucas informações sobre a série e nenhuma previsão de estreia. No entanto, a Netflix já bateu o martelo para a produção, que terá o shorunner Joe Henderson ,de “Lucifer“, outro sucesso da gigante de streaming, entre os profissionais envolvidos.

De acordo com a Variety, a estética da série será bem parecida com o que o público viu em “Detetive Pikachu“, lançado em 2019. Se for o caso, a produção da Netflix tem tudo para fazer o maior sucesso, já que o longa arrecadou cerca de U$ 433 milhões em bilheteria ao redor do mundo.

Escrito por Kavad Medeiros

Duda Reis: “Nego do Borel foi indiciado por violência doméstica contra mim”

The Voice: Ariana Grande e Kelly Clarkson cantam clássico de Aretha Franklin