Connect with us

PK

PK lança clipe de “Como a Chuva Cai”, parceria com Hungria Hip Hop

Apostando no Trap em “Como a Chuva Cai”, PK e Hungria Hip Hop falam sobre questões sociais, superação, dinheiro e status quo. Veja o clipe!

Published

on

Depois do lançamento de parcerias com MC Jottapê, Becky G, Gabily e Pocah, PK está de volta com mais uma música nova e dessa vez vem acompanhado com Hungria Hip Hop.

A música chama-se “Como a Chuva Cai”, é o quarto single de PK desde o início da atual quarentena contra o novo coronavírus e foi lançada no primeiro minuto desta sexta-feira (26) e já ganhou seu videoclipe, que chega com uma forte linguagem urbana.

Veja:

PK e Hungria Hip Hop

Apostando no Trap, a parceria de PK e Hungria Hip Hop em “Como a Chuva Cai” fortaleceu as mensagens importantes que ambos entregam em suas carreiras, falando de suas trajetórias de vida e suas histórias na música. Superação e sonhos futuros também fazem parte da letra da nova música.

“Eu queria a algum tempo fazer um novo trap. Além de ser um ritmo que eu gosto muito, é minha essência, de onde vim e meus fãs também sempre pediam. Já havia conversado com Hungria para fazermos uma música e quando terminamos a composição, tive certeza que precisava lançar o quanto antes. Espero que os fãs gostem tanto quanto nós.”, comenta PK.

Para Hungria, o sentimento é o mesmo: “Foi muito legal o lance desse projeto! Sempre é bom somar forças em torno de uma música para fortalecer o movimento! O PK tem uma energia muito boa para trabalhar, curti bastante.”

PK no clipe "Como a Chuva Cai"

PK no clipe de “Como a Chuva Cai” (Foto: WC no Click)

Confira a letra da música:

Fazendo dinheiro como a chuva cai
Ela diz que eu sou o mais foda que ela viu
PK tá muito alto e que se foda o hype
Eles querem saber como eu cheguei aqui

Eu me sinto grande como o mundo
Meu pessimismo fodendo com tudo
Às vezes sinto “eu não sou desse mundo”
Bem diferente de tudo
PK, piripaque ao surto, de uma brisa leve enxergando vulto
Frio como a neve
Eu sou tranquilão como um som de um reggae
Desequilibrado como o 2Pac
Se eu tô no controle da nave
Astronauta que te deixa em outra onda
Eu quando eu tô no controle da Nasa
A 170 na Brasil dentro de um honda

Minha mentalidade é gigante
Minha filosofia é de Gandhi
Minha alma buscando horizonte
Minha fé me levando distante
Aqui é tudo é nosso, nóis é tudo ou nada,
Nele tudo posso, minha casa é blindada
Fazendo dinheiro, fazendo história, fazendo amor
E marcando as memórias
Sou poeta meio contemporâneo, cada letra é um tiro no crânio
Chego a ser mais raro e mais valioso que o quilo que o próprio uranio
Liguei pro PK, mandei avisar pra trazer as amigas que grita.
Aquelas que pula, aquelas que dança e desce enquanto a gente brinca

O meu medo, me encoraja
Minha ideia vale ouro
Morri várias vezes nos anos passados
Por isso hoje eu sei que nada me mata
Não me envolvi muito com ética e vida porque essa injustiça ela é mó ingrata
Ela é mó safada, essa mina é fácil, essa marra é farsa
Não tem disputa, me entrega a taça
Tô passando aí que nóis vai pra Barça

Fazendo dinheiro como a chuva cai
Ela diz que eu sou o mais foda que ela viu
PK tá muito alto e que se foda o hype
Eles querem saber como eu cheguei aqui

HojeTemLive.com.br




Ranking