in ,

Passaporte POPLine: Francisca Valenzuela

E estamos de volta! Após o Eurovision e uma semana de merecidas férias, o Passaporte POPLine viaja até o Chile para conhecer uma das revelações dos últimos anos da música chilena: Francisca Valenzuela.

Já é de conhecimento geral que na América Latina o Reggaeton domina as paradas de sucesso. Seja com seus cantores ou com suas duplas, algo como a dupla sertaneja no tempo em que esse estilo dominava o mercado musical brasileiro. Mas nem tudo se resume a Reggaeton na América espanhola. E é exatamente aí que Francisca Valenzuela se encaixa.

Considerada uma das revelações da música chilena em 2006, Francisca, nascida em São Fransico, nos Estados Unidos, de pais chilenos, decidiu se mudar para a terra de seus pais aos 12 anos de idade. Francisca iniciou suas aulas de música aos sete anos de idade e aos 10 já tocava violão, estudava piano clássico e dava os primeiros passos em composição musical.

Apesar de sua aptidão musical, Francisca começou sua carreira escrevendo livros. Com 12 anos, já em Santiago, capital do Chile, Francisca lançou o livro “Defenseless Waters”, uma coleção de poemas. Logo após, ela lançou, na América Latina e na Espanha, o livro “Abejorros/Madurrar”. E foi durante a turnê promocional do livro “Defenseless Waters” que Francisca começou a mostrar seu lado musical às plateias, ao levar um violão e apresentar composições próprias.

Foi somente em 2006 que Francisca lançou seu primeiro single, a música “Peces”, que ganhou grande popularidade nas rádios chilenas e aparecendo na lista das 100 melhores músicas de 2006 da revista Rolling Stone.

No final do mesmo ano, Francisca lançou seu segundo single, intitulado “Dulce”, que alcançou o segundo lugar nas paradas chilenas.

Já na metade do ano de 2007, Francisca lançou seu primeiro álbum, intitulado “Muérdete La Lengua” e foi convidada pela popstar mexicana Julieta Venegas para abri seu show no Teatro Caupolicás, em Santiago, dando à Francisca uma maior exibição ao público chileno, que logo se apaixonou por ela, já aclamando Francisca como a “Princesa do Rock” e “nova revelação musical”.

Quatro anos após o lançamento de seu primeiro álbum, Francisca Valenzuela lançou seu segundo LP, intitulado “Buel Soldado”. O segundo álbum da cantora começou a tomar forma em 2009, mas só chegou ao público oficialmente em março de 2011, com o lançamento do primeiro single do projeto, a música “Quiero Verte Más”,  em janeiro do mesmo ano.

“Buen Soldado” chegou ao terceiro lugar da parada chilena e seu mais recente single, a música “Esta Soy Yo”, lançada neste ano, chegou apenas ao 22º lugar na parada chilena de singles.

Outras participações
Francisca Valenzuela também apareceu como participação em músicas de outros artistas. Em 2009, ela apareceu como convidada na faixa “Help Me” do cantor Latin Bitman, e em 2010, ela participou da música “Al Frío”, do cantor Leonel Garcia.

Escrito por Kavad Medeiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Katy Perry poderá interpretar namorada de Freddy Mercury em filme sobre a banda Queen

X-Factor EUA: Rachel Crow revela videoclipe de seu primeiro single; Veja “Mean Girls”