Foto: Reprodução IMDB
in ,

Pai de Naya Rivera expõe diretor de “Glee” por não cumprir promessa

George Rivera atacou Ryan Murphy em uma série de tweets

A morte de Naya Rivera completa um ano em julho e o pai da atriz, George Rivera, recorreu ao seu Twitter para “expor” o diretor de “Glee”, série da qual a filha fez parte. Ao longo de vários tweets, ele acusou Ryan Muprhy de não cumprir a promessa que fez de criar um fundo para pagar a faculdade do neto Josey, filho de Naya.

Foto: Reprodução Internet

Assim que a morte da atriz por afogamento acidental foi anunciada, Ryan Murphy e outros dois criadores de “Glee”, Brad Falchuk e Ian Brennan, publicaram um longo comunicado em homenagem à Naya, se comprometendo a criar um fundo para a faculdade de Josey, que hoje tem quatro anos.

Mas, de acordo com George Rivera, a promessa foi “da boca para fora”. Ao responder um tweet de uma fã sobre o fundo da faculdade, ele declarou:

“Todos precisam saber o que Ryan Murphy realmente fez… ou não fez!!! Eu estou prestes a expor essa história… e certifique-se de que ele saiba que eu sei…”.

E continuou, falando sobre superficialidade em Hollywood:

“Quando você faz parte da elite de Hollywood, algumas pessoas tratam os outros como se fossem ‘menos que eles’… Vocalizam um bom jogo, mas é tão superficial quanto os cenários do palco que eles criam. Promessas feitas em público, apenas para esmaecer com o tempo e desculpas… mesmo em uma tragédia inexplicável”.

“Promessas quebradas… ultraje falso… gestos vazios… nada de telefonema” completou George Rivera com um terceiro tweet.

Pouco tempo depois, também por meio do Twitter, Ryan Murphy se defendeu do ataque, declarando que conversas sobre o fundo de Josey estão acontecendo com os “executores apropriados do seu patrimônio”.

“Eu, Brad Falchuk e Ian Brennan nos comprometemos a criar um fundo de faculdade para Josey, filho de Naya Rivera, por meio do Naya Rivera Estate Trust. Temos mantido conversas repetidas com os executores apropriados do seu patrimônio”.

Em uma declaração para a revista People, um representante de Murphy reafirmou o compromisso.

Relembre o caso

Naya Rivera foi encontrada morta no Lago Piru, na Califórnia, nos EUA, no dia 9 de julho de 2020, após sofrer um afogamento. Na ocasião, a atriz conseguiu salvar o filho de quatro anos de idade, mas acabou perdendo a vida.

Assim que seu desaparecimento foi noticiado, houve muitos boatos de que ela havia cometido suicídio, mas a autópsia final do corpo de Naya revelou que ela se afogou “em segundos”. No documento consta que a morte foi acidental, sem causas ou doenças. Além disso, não havia indícios de drogas ou álcool em seu organismo.

Após exame meticuloso, o médico legista do Condado de Ventura confirmou a identidade do corpo. Antes, eles não davam certeza que era realmente Naya Rivera. Ele determinou que sua causa de morte estava foi afogamento acidental, como era esperado. Policiais descartaram crime ou suicídio por falta de indícios.

Curtiu esta matéria? Clique aqui para ler mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Carolina Stramasso

Exclusivo: plataforma Frequências Preciosas promove evento gratuito com foco em artistas negras e afro-ameríndias

Justiça

Britney Spears é convidada para testemunhar sobre sua conservadoria