Foto: Reprodução / Twitter
in ,

Pai de Beyoncé fica furioso com comparações entra a filha e Chloe Bailey: “Idiotas”

O empresário Mathew Knowles criou maior climão em entrevista polêmica; confira:

Nem todo mundo pode ser comparado com a nossa Queen B, não é mesmo? Pelo menos é que acha Mathew Knowles, pai de Beyoncé. O empresário ficou furioso ao souber que as pessoas andam vendo similaridades entre o talento artista com o de Chloe Bailey, do duo Chloe x Halle. Mathew, responsável pelo sucesso do Destiny’s Child, disse que as comparações são “idiotas”.

Chloe Bailey faz parte do duo de R&B Chloe x Halle com a irmã Halle, que foi escalada recentemente para viver a Pequena Sereia na versão live-action que será produzida pela Disney. Mas, para Mathew, o talento de Chloé não chega aos pés do de sua filha.

Beyoncé e seu pai, o empresário Matthew Knowles, em foto de 2005 (Foto: Getty Images)

Foi a uma entrevista recente para Leah A. Henry que o assunto surgiu: “Você vê a comparação? Como a mesma coisa que você viu na jovem Beyoncé, você vê isso em Chloe Bailey?“, perguntou. “Você deve estar brincando comigo, certo? Você está me fazendo essa pergunta? Você está realmente falando sério que está comparando aquela jovem a Beyoncé?”, respondeu Mathew.

Leah esclareceu que os fãs acham que Chloe, 22 anos, deveria interpretar Beyoncé, 39 anos, em um filme biográfico sobre sua vida. Mathew disse: “Tudo bem, você está falando sobre se alguém fizesse um filme, não em talento. Em talento? Você está me dizendo em talento, alguém é idiota o suficiente para compará-la a Beyoncé em talento?”, disparou, Climão, né?

A apresentadora, aparentemente sem palavras, tentou finalizar o assunto, mas o executivo, de 69 anos, continuou sua declaração polêmica: “Isso é realmente um insulto para Beyoncé. Quero dizer, se você quiser chamar alguém como Barbra Streisand ou você sabe, algumas pessoas assim, tipo vamos lá, cara, sério? Eu quero sair deste tópico”, encerrou.

Vale lembrar que Chloe e Halle assinaram contrato com a gravadora de Beyoncé, a Parkwood, há cinco anos e lançaram o álbum ‘The Kids Are Alright’, em 2018, e ‘Ungodly Hour’, em 2020. As irmãs receberam quatro indicações ao Grammy, incluindo a de Melhor Novo Artista em 2018.

Escrito por Leonardo Rocha

BBB com “novo G3”? Público associa Sarah, Rodolffo e Caio ao bolsonarismo

Março na Loja Regards: lançamento de CDS, LPs, boxsets dos seus artistas favoritos