Foto: reprodução/twiter MPV/ Rede Globo
in ,

Pabllo Vittar faz cover de “Pro Dia Nascer Feliz” e canta “Bandida”, com Pocah, no “Caldeirão do Huck”

Pabllo Vittar foi uma das convidadas especiais da edição do “Caldeirão do Huck”, que foi ao ar neste sábado (02/01). A participação da cantora chamou a atenção do público da Rede Globo, que viu a artista apresentar um cover de “Pro Dia Nascer Feliz”, canção gravada por Cazuza e o Barão Vermelho em 1983.

A performance de Pabllo aconteceu em meio ao especial “Inspiração”, que discutia sobre o HIV e o preconceito com pessoas soropositivas. Essa não é a primeira vez que a artista se engaja no debate e na conscientização sobre o tema. Ela já usou o seu Instagram para falar sobre PreP e prevenção

Confira a interpretação que rendeu elogios de Pedro Bial, que participava do quadro:

É claro que a artista também apresentou o seu último single, “Bandida”, ao lado de Pocah.

Pabllo Vittar prepara álbum de verão

Pabllo Vittar: "o Grammy é um dos meus objetivos"
(Foto: Ernna Cost)

Pabllo Vittar revelou à revista GQ que quer lançar um “álbum de verão” em 2021. Como ela acabou de lançar o “111 Deluxe”, o verão ao qual se refere deve ser o do segundo semestre do ano que vem. Mas ela não especificou nada.

“Assim, essa pandemia me deixou amarrada com um barbante, querendo sair, mas não podia. Agora eu que a gente tá voltando e programando as coisas. Se deus quiser, ano que vem já vai estar tudo check, meu amor vou vir com o sangue nos olhos. Turnê nova, novo conceito, tô preparando um álbum de verão, tem várias coisas que não posso falar, mas vai ter muita música nova, os fãs vão sair do deserto… é isso, esse tempo que fiquei em casa foi muito importante para ver o que eu queria como artista, porque também não dava para ficar lançando single atrás de single atrás de single atrás de single…. sabe? Honey, give something new, give me an aesthetic! E eu sou assim. Então foi muito importante para olhar pra mim e pensar ‘poxa, o que eu quero? Quero isso’. E eu fiz e tô muito feliz”, disse.

A cantora assinou contrato com a gravadora Sony Music em 2017, depois do sucesso de seu disco independente “Vai Passar Mal”, certificado como platina. Dede então, já lançou também os álbuns “Não Para Não” (2018) e “111” (2020).

Escrito por Douglas Françoza

O ano da música Latina (parte 1): veja o que rolou de destaque mês a mês

Promessa do rap, Hot & Oreia anuncia fim da dupla após denúncias de abuso