Paulo Vaz, Colunista POPline.Biz é Mundo da Música
Foto: Paulo Vaz/Divulgação
in

Opinião: Vamos nos concentrar?

Artigo de opinião assinado por Paulo Vaz, para o POPline.Biz é Mundo da Música

A música não é apenas um meio de nos relaxar e se divertir: ela também pode estimular a criatividade e nos ajudar a nos tornarmos mais produtivos. Ouvir música também pode ser terapêutico, aliviando a sensação de estresse para que você possa se concentrar melhor.

Pesquisas descobriram que certos tipos de música podem ser benéficos para nós enquanto trabalhamos. Alguns tipos de música parecem ajudar no aprendizado e melhorar nossa capacidade de processar informações. Outros tipos ajudam a bloquear o ruído de fundo perturbador. Outros tipos ainda se sincronizam com nossas ondas cerebrais para induzir “momentos eureca”.

Então, se você está lutando contra a produtividade e quer saber o que deveria ouvir, continue lendo. Esses são os seis tipos de música que darão a você um grande impulso de produtividade.

Seguem alguns exemplos:

Os pesquisadores há muito afirmam que ouvir música clássica pode ajudar as pessoas a realizar tarefas com mais eficiência. Esta teoria, que foi apelidada de “Efeito Mozart”, sugere que ouvir compositores clássicos pode aumentar a atividade cerebral e atuar como um catalisador para melhorar a saúde e o bem-estar. Vários estudos confirmaram que ouvir música clássica aumenta a capacidade de manipular formas e resolver quebra-cabeças espaciais.

Confira 5 dicas para começar a ouvir Música Clássica

A ausência de palavras na música pode ser um fator, pois as canções que contêm letras são uma distração quando você está tentando se concentrar. E a música clássica é conhecida por ser calmante, relaxante e ajudar a reduzir o estresse. Descobriu-se que esse gênero de música ajuda os alunos a ter um desempenho 12% melhor em seus exames. Algumas seleções, como “Für Elise” de Beethoven, parecem ajudar os alunos a estudar por mais tempo e reter mais informações.

Outro exemplo são os sons da natureza, como ondas quebrando ou um riacho murmurante, melhora a função cognitiva e a concentração. Eles funcionam melhor quando são sons suaves, como água corrente ou chuva, enquanto ruídos mais estridentes, como o canto dos pássaros e dos animais, podem distrair.

Pesquisadores do Rensselaer Polytechnic Institute descobriram que os sons naturais aumentam o humor e o foco. O estudo descobriu que os funcionários eram mais produtivos e tinham sentimentos mais positivos quando os sons da natureza tocavam em segundo plano enquanto trabalhavam.

Isso pode ocorrer porque os sons da natureza ajudaram a mascarar ruídos mais ásperos e perturbadores, como pessoas conversando ou digitando. Os pesquisadores descobriram que os trabalhadores não apenas tiveram um desempenho melhor nas tarefas, mas os sons da natureza calmantes também tiveram um efeito restaurador nas habilidades cognitivas.

Pensado em trilhas de cinema, se escutamos uma trilha sonora intensa pode fazer você se sentir como se estivesse fazendo algo inspirador ou importante, mesmo se você estiver apenas reduzindo sua lista de tarefas a fazer. Uma trilha sonora épica e grandiosa tocando ao fundo pode fazer até mesmo as tarefas mais mundanas parecerem que você está mudando o mundo, aumentando assim sua concentração e produtividade.

As partituras dessas músicas podem ser fortalecedoras, elevando seu espírito e iluminando seu humor. Então, se você estiver se sentindo cansado e esgotado, tente ouvir alguma música cinematográfica de estilo épico para lhe dar aquele impulso extra de motivação.

Pra finalizar musicas feitas pra game. Cada elemento de um videogame é projetado para criar uma experiência de jogo aprimorada para todos os seus sentidos, e a música foi composta especificamente para ajudá-lo a se concentrar em sua tarefa sem se distrair com uma cacofonia de sons.

Essa música geralmente não tem letra ou vozes humanas e é bastante rápida para mantê-lo em movimento. Muitos desses videogames envolvem resolver quebra-cabeças e lidar com situações intensas, então você está se sujeitando a desafios estressantes simulados. Os videogames investiram muitos recursos para descobrir o equilíbrio perfeito para a música que usam.

A música feita pra game é composta de uma forma que o mantém envolvido enquanto você avalia, navega e frequentemente luta para abrir caminho por esses mundos fictícios. Essas composições musicais podem ser exatamente o que você precisa para impulsionar você e mantê-lo concentrado em suas tarefas e na lista de tarefas diárias.

____________
Paulo Vaz, formado em Publicidade e Propaganda é tecladista, guitarrista, compositor e produtor musical. Tendo iniciado sua carreira como músico profissional em 1994 na cidade de Ribeirão Preto, interior de SP, onde foi criado.
Como produtor musical, atua na produção musical para publicidade e audiovisual, no qual realizou vários projetos de criação e produção de jingles e trilhas para TV e Cinema. Reside na capital paulista há 17 anos e faz parte do Estúdio Lua Nova como produtor musical, lugar onde produziu discos de bandas como Haimanda, Gatalógica, Mariana Magri, Remix de Vamos Fugir com Seu Jorge, Kilotones, Karin Martins, Voltare e Amsterdan.
Participou de várias collabs com o projeto “Sessions da Tarde” com artistas como: Francisco el Hombre, Liniker, Scalene, Maneva, Onze20, Medulla, Selvagens a procura de Lei, Carne Doce, Plutão já foi Planeta,Dinho Ouro Preto, Gabriel Elias, entre outros.
Compôs e produziu 4 discos autorais solos, Janela em 2010, Fora do Lugar em 2012, URL em 2018 e o disco instrumental infantil Pra Dormir e Acordar em 2020. Ingressou na banda Supercombo em 2011 na Tour do disco Sal grosso, onde atua até hoje como tecladista e parceiro nos arranjos e composições.

 

Escrito por Paulo Vaz

Lorde tem a melhor estreia da carreira com “Solar Power”

Ney Matogrosso canta seus maiores sucessos no “Altas Horas”