in

Opinião: Não adianta criar se não divulgar

Creio que o maior desafio que os artistas têm hoje é o de como divulgar sua música. O mercado da música mudou nas últimas três décadas e a conectividade mundial transformou o que é necessário para acertar seu público. Levar seu single ou disco em uma gravadora e esperar o sucesso, quase não existe mais.

Sua música é seu negócio, seu patrimônio. Divulgar e distribuir, tem que ser sua responsabilidade, mesmo que você use parceiros para isso. Se o seu intuito é ganhar dinheiro com música, isso significa que você precisa planejar as estratégias, se não, vai morrer na praia. Tenha objetivos claros pois, se esse será seu trabalho, trate-o como tal. Não brinque de fazer música.

Uma das primeiras coisas a se fazer é entender onde e como se divulgar. Mostrar sua cara, seu talento. Então, vamos começar?

Falando primeiro do Youtube. A criação de um canal faz com que você concentre boa parte de seu material em um lugar. Com certeza, com o tempo, seu conteúdo vai ganhar relevância e seguidores, podendo assim, num futuro, gerar renda com seus clipes, vídeos e álbuns.

Para um contato mais próximo da sua base de fãs, sugiro o Instagram. Mas, não só postando fotos e stories, criando também conteúdo no Reels. Ah! E não esqueça do Twitter, algumas linhas diárias lá fazem toda a diferença. Também não podemos esquecer do Facebook, mesmo parecendo algo do passado, continua sendo um gigante das mídias sociais.

Uma tática importante também são as colaborações. Faça com outros artistas e youtubers, pois isso vai aumentar sua rede de contatos com outras pessoas que têm gostos e interesses semelhantes. Nunca perca oportunidades de divulgar sua música para um grande público.

Outra ferramenta importante é a criação de grupos no Whatsapp e no Telegram, isso vai te ajudar a criar promoções e divulgar novos trabalhos para uma base de fãs mais fiel.

Agora, se você tiver uma verba, pode contratar alguém para fazer seu Marketing Digital, será muito importante. Essa pessoa deve ter o conhecimento necessário para gerenciar sua presença na imprensa e nas contas de mídias sociais. Esta, com certeza, é uma verba muito bem investida.

Falando de streaming agora: faça uso de todos os principais serviços, pois eles mudaram completamente o jogo a favor do artista. Mas, quais plataformas de streaming e como você as acessa? Por exemplo o Spotify, Deezer, Amazon Music, Apple Music e Tidal, pra começar.

Porém, criar contas para cada uma e enviar seus arquivos pode levar muito tempo. Por isso, existem várias plataformas de distribuição como a OneRpm, Ditto, Ingrooves e CD Baby, para citar alguns exemplos. Por meio delas, você simplesmente carrega sua música, seleciona os serviços que deseja usar, paga uma taxa e eles farão o trabalho de distribuição para você.

Todos esses passos podem não fazer suas músicas estourarem do dia para noite, mas, com certeza, sua carreira será criada com uma base sólida, profissional, e nos moldes dos mercados atuais.

____________

Paulo Vaz, formado em Publicidade e Propaganda é tecladista, guitarrista, compositor e produtor musical. Tendo iniciado sua carreira como músico profissional em 1994 na cidade de Ribeirão Preto, interior de SP, onde foi criado.
Como produtor musical, atua na produção musical para publicidade e audiovisual, no qual realizou vários projetos de criação e produção de jingles e trilhas para TV e Cinema. Reside na capital paulista há 17 anos e faz parte do Estúdio Lua Nova como produtor musical, lugar onde produziu discos de bandas como Haimanda, Gatalógica, Mariana Magri, Remix de Vamos Fugir com Seu Jorge, Kilotones, Karin Martins, Voltare e Amsterdan.
Participou de várias collabs com o projeto “Sessions da Tarde” com artistas como: Francisco el Hombre, Liniker, Scalene, Maneva, Onze20, Medulla, Selvagens a procura de Lei, Carne Doce, Plutão já foi Planeta,Dinho Ouro Preto, Gabriel Elias, entre outros.
Compôs e produziu 4 discos autorais solos, Janela em 2010, Fora do Lugar em 2012, URL em 2018 e o disco instrumental infantil Pra Dormir e Acordar em 2020. Ingressou na banda Supercombo em 2011 na Tour do disco Sal grosso, onde atua até hoje como tecladista e parceiro nos arranjos e composições.
Devido ao seu reconhecimento pelo mercado de seu profissionalismo e qualidade como músico instrumentista, foi convidado a ser endorser da Casio e Novation no Brasil.

Escrito por Redação POPLine

Ex-BBB Kaysar Dadour lança clipe de “Fogo no Parquinho”, inspirado no reality

The Weeknd Super Bowl

The Weeknd contraria rumores e diz que não haverá convidados em seu show do Super Bowl