in

OMG: “Whitney Houston foi assassinada”, diz investigador

Um investigador particular pode causar uma reviravolta no desfecho da morte de Whitney Houston. Paul Huebl afirma que a lendária cantora de R&B foi assassinada e o crime gravado em vídeo.

“Eu tenho evidências que apontam que Whitney foi vítima de uma quadrilha de traficantes de drogas que enviaram capangas para coletar dívida em dinheiro”, disse o investigador ao The National Enquirer. De acordo com Huebl, o tal vídeo foi enviado ao FBI para investigação.

De acordo com Paul Huebl, no dia anterior a sua morte, Whitney recebeu uma encomenda de cocaína e logo em seguida teria dito que estava “cansada desta m****”. Segundo o investigador, a frase se referia ao assédio dos traficantes que queriam cobrar uma dívida de 1,5 milhão de dólares.

As novas informações afirmam ainda que os capangas se infiltraram no hotel com a equipe da lavanderia e foram flagrados por câmeras de vigilância se aproximando do quarto da cantora, justamente quando Whitney pediu 45 minutos para relaxar antes de se preparar para a festa pré-Grammy 2012. Para chegar a estas informações, Paul usou informantes e analisou criteriosamente o relatório do médico legista, que teria identificado marcas de legítima defesa.

Não foi informado ainda se o inquérito será reaberto.

Escrito por Amanda Faia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Beyoncé divulga fotos com seu melhor visual Michael Jackson

Jennifer Lopez perde processo movido contra motorista