(Foto: Reprodução / Instagram @oliviarodrigo)
in ,

Olivia Rodrigo revela com que cantora quer parceria – e recebe resposta

Cantora falou sobre seu desejo em entrevista para BBC.

Olivia Rodrigo está em plena divulgação de seu álbum de estreia “Sour”, e a agenda de entrevistas não se limita aos Estados Unidos. Conversando com a BBC, da Inglaterra, ela revelou que gostaria de trabalhar com a cantora inglesa Charli XCX.

“Eu realmente sou obcecada por Charli XCX e acho que ela é uma compositora incrível, então seria muito legal compor com ela”, disse a americana, que já colocou dois singles no topo da Billboard Hot 100 neste ano.

Olivia Rodrigo revela com que cantora quer parceria - e recebe resposta
(Foto: Reprodução / Instagram @oliviarodrigo)

Charli XCX já escreveu para vários artistas. Entre eles, Selena Gomez, Camila Cabello, Shawn Mendes, Iggy Azalea, will.i.am, James Blunt, Bella Thorne e TXT. Como intérprete, já chegou ao topo das paradas tanto dos Estados Unidos quanto do Reino Unido, sempre com composições próprias.

Ela viu um trecho da entrevista da Olivia Rodrigo no Twitter e ficou animada com a possibilidade de fazerem algo juntas. “Parabéns por tudo que você está realizando e me chame qualquer hora”, twittou a artista.

Charli XCX fala que se sente rejeitada pela indústria

A cantora e compositora Charli XCX desabafou no Twitter em abril sobre como se sente uma “outsider” na música pop, experimentando inclusive a rejeição da indústria. Ela disse para não se preocuparem, porque ela estava apenas pensando alto.

“Eu sinto que, fora meus fãs, eu realmente não dou às pessoas a oportunidade de sentirem muita propriedade sobre mim ou minhas decisões. Talvez seja por isso que eu tenha o status de outsider na música pop, e também por isso que experimente a rejeição do lado da indústria muitas vezes”, disse a cantora.

Charli XCX fala que se sente rejeitada pela indústria
(Foto: Terrence O’Connor)

Charli XCX estourou mundialmente ao gravar “I Love It” com a dupla Icona Pop em 2012. Ela ainda experimentou o sucesso com “Boom Clap”, que fez parte da trilha do filme “A Culpa É Das Estrelas”, e “Fancy” (com Iggy Azalea) em 2014. Mas quando seu álbum “Sucker” saiu, no mesmo ano, teve vendas abaixo do esperado. Ela em seguida saiu da gravadora Asylum.

De lá para cá, a cantora lançou dois álbuns, duas mixtapes, um EP e vários singles, mas ficou cada vez mais longe do mainstream. Sua prateleira passou a ser a do pop alternativo, e Charli XCX investiu ainda mais em seu trabalho como compositora para outros artistas. O sucesso “Señorita”, de Shawn Mendes e Camila Cabello, por exemplo, tem co-autoria dela.

Escrito por Leonardo Torres

Web comenta nude de Pastor Lucas, cantor de “Pintor do Mundo”

Na reta final da gravidez, Virginia vai ao médico às pressas