Olivia Rodrigo responde sobre "good 4 u" e "Misery Business"
(Foto: Teen Vogue)
in ,

Olivia Rodrigo responde sobre “good 4 u” e “Misery Business”

“Nada na música é novo. Existem quatro acordes em todas as músicas”, diz Olivia Rodrigo.

Olivia Rodrigo teve que ceder créditos a Hayley Williams e Josh Farro na música “good 4 u” por conta de uma interpolação de “Misey Business” (de 2007) do Paramore. Muitos entenderam como plágio, mas não é o caso. Em entrevista à revista Teen Vogue, Olivia Rodrigo falou pela primeira vez sobre o caso.

“Acho decepcionante ver as pessoas tirarem as coisas de contexto e descredibilizarem o trabalho de qualquer mulher jovem. Mas, no fim do dia, tenho orgulho e fico feliz de dizer que meu trabalho é ser uma compositora… Toda música é inspirada em outra. Obviamente, escrevo minhas letras do fundo do meu coração, sobre minha vida primeiro. Eu tive a ideia da letra e da melodia de ‘good 4 u’ em uma manhã, no chuveiro”, pontuou.

> Olivia Rodrigo desabafa: “é como se não pudesse errar”

Para Olivia, a inspiração em outros trabalhos é algo normal. “O bonito na música é que ela pode ser inspirada em músicas do passado. Todo artista se inspira em artistas que vieram antes. É divertido, é um processo bonito de compartilhamento. Nada na música é novo. Existem quatro acordes em todas as músicas. Isso é o divertido: tentar fazer o seu próprio”, explicou seu ponto.

Leia mais:

Adam Levine se pronunciou sobre o caso

Ema gosto, o vocalista da banda Maroon 5 Adam Levine comentou o caso da interpolação e dos créditos da música de Olivia para o Paramore. “Sem dar minha opinião em sobre o quão longe isso chegou, eu acho que poderia ter mais compaixão, entendimento, e tentar achar uma maneira… Música é uma coisa criativa e eu odeio ver isso ser esmagada por, você sabe… Quando a pessoa é uma artista nova e ela está emulando coisas que a nova geração é movida, eu não sei o quanto isso é ruim”, disse.

Em relação a essas coisas, eu chego a ficar lisonjeado quando alguém se inspira da minha arte. Eu eu tenho certeza que me inspiro em outras pessoas também. Isso é música, é uma coisa linda“, completou.

Escrito por Leonardo Torres

OUTROEU convida Sandy para live pelo Dia da Paralisia Cerebral

Karina, do aespa, elege cover favorito de “Next Level”