in

O segredo de Luan Santana para quebrar recorde de melhor estreia brasileira no Youtube

Muita gente questionou os números alcançados pelo clipe novo de Luan Santana, “Check-in”, no dia de sua estreia. Ele registrou quatro milhões de acessos em apenas 20 minutos e bateu o recorde de estreia brasileira mais bem sucedida no Youtube, com 7,7 visualizações em 24 horas. Obviamente, a popularidade do cantor contou muito, assim como a divulgação massiva da imprensa (Luan reuniu fãs e jornalistas em um avião uma semana antes para mostrar o vídeo em primeira mão, e se certificar de que a mídia repercutiria a estreia). Mas teve mais do que isso também: a equipe do cantor patrocinou a divulgação do clipe como publicidade dentro do próprio Youtube.

Explica-se: o Youtube incentiva que seus usuários paguem determinado valor para ter alta exposição. Com isso, seu vídeo aparece como anúncio antes de outros vídeos. Taylor Swift usou desse artifício quando lançou “Look What You Made Me Do”, por exemplo. Desta maneira, independente de qual seja o interesse do internauta ao chegar ao Youtube, ele é exposto a um trecho de seu vídeo – no caso, ao clipe de “Check-in”. Essa é a explicação para o rápido crescimento de visualizações em detrimento do baixo número de curtidas – algo que chamou atenção de muitas pessoas nas redes sociais. O impulsionamento também justifica o avanço rápido até o recorde e o crescimento lento depois disso. O impulsionamento funciona durante determinado período acordado. Lançado na sexta (8/12), o clipe fez 7,7 milhões em 24 horas e, nesta segunda (11/12), está com 9,9 milhões de acessos.

Em comparação, o clipe de Maluma com Nego do Borel, “Corazón”, estreado no mesmo dia, manteve um crescimento maior. Embora tenha feito cerca de seis milhões de acessos em 24 horas, está com 10 milhões de acessos nesta segunda. Além disso, são 430 mil curtidas em “Corazón” contra 168 mil curtidas em “Check-in”. De qualquer forma, o impulsionamento faz parte das estratégias incentivas pela própria plataforma. O recorde brasileiro é de Luan: “Check-in” superou “Paradinha” da Anitta. Em tempo: Taylor Swift também quebrou o recorde mundial com “Look What You Made Me Do”.

Escrito por Leonardo Torres

Ed Sheeran comenta poucas indicações do álbum “÷” ao Grammy

Globo de Ouro 2018: canções de Nick Jonas, Mariah Carey e Mary J Blige são indicadas