in ,

O que esperar da próxima era de The Weeknd?

Após o sucesso no BBMAs, o cantor já programa os novos runos de sua carreira

A era “After Hours” foi oficialmente encerrada. The Weeknd colocou um ponto final nos trabalhos do álbum que trouxe trabalhos como “Blinding Lights” e “Save Your Tears“, vencendo 10, das 16 categorias que concorria no Billboard Music Awards 2021, que rolou neste domingo (23/05), nos Estados Unidos. E o que vem por aí agora? O POPline News te conto os próximos passos de Abel.

Podemos esperar um The Weeknd ainda menos preocupado em agradar a indústria. A gente sabe que ele nunca tentou adequar a nada ou a nenhum crítico de mercado, mas, aós o episódio do Grammy, em que ele não foi indicado à nenhuma categoria, num ano em que dominou toda as paradas musicais, vem ai, certamente um artista ainda mais solto.

Se o último álbum fala das horas após o início da noite, o amanhecer está chegando. Pelo menos foi o que o que cantor compartilhou em suas redes sociais minutos antes do BBMAs. Será que depois da noitada que foi iniciada no “After Hours”, essa história será contada em um novo capítulo? Eis a questão!

Billboard: "Blinding Lights" completa 1 ano inteiro no Top 10
The Weeknd (Foto: DIvulgação)

A gente pode afirmar que o The Weeknd esteve em estúdio, mesmo que de casa. Então, novas faixas foram gravadas. E, para além da música, o artista poderá se dedicar a outra paixão: o cinema. Ele já disse que tem interesse e está investindo na área em paralelo seus trabalhos por entre álbuns e singles.

Há rumores para um single nas próximas semanas, possivelmente parte de um EP. Um novo álbum também  é aguardado para um futura não muito distante e, segundo a “Rolling Stone”, com pitadas bastante dramáticas. Até lá ouviremos Abel no disco da Doja Cat. O artista é sempre uma persona que envolve os fãs em suas eras e, nós, aqui do POPline, seguimos de olho das passos do cantor.

Escrito por Leonardo Rocha

Olivia Rodrigo deverá estrear o “Sour” no topo da Billboard e com recorde!

De Férias Com o Ex: Rafa Vieira e namorado são vítimas de homofobia no Rio