Foto: Reprodução/Instagram
in ,

O que Anitta precisa para uma boa estreia de “Me Gusta” na Billboard Hot 100?

Nova música em parceria com Cardi B e Myke Towers sai nesta sexta-feira

Estamos a poucas horas de ouvirmos “Me Gusta”, mais uma aposta de Anitta no mercado internacional. E, desta vez, a cartada é pesada: com participação de Myke Towers e da rapper número 1 da América, Cardi B, o lançamento chega com a missão de colocar a brasileira na mais famosa parada de sucessos do mundo: a Billboard Hot 100. Mas o que é preciso para uma boa estreia? A gente te conta!

Foto: Reprodução/Instagram

O ranking da Billboard reúne as execuções de faixas nas plataformas de streaming e em cerca de 1000 estações de rádio nos Estados Unidos, além de vendas digitais e físicas. E se o objetivo é tentar uma estreia no Top 10, precisamos entender o que é preciso para chegar lá e fazer história:

Streamings

Atualmente, esta é a modalidade principal na contabilização de pontos para formular a parada americana. Para o Hot 100, a Billboard utiliza dados de plataformas como o Spotify, Amazon Music, Apple Music, Tidal e YouTube, além de rádios online, como Pandora e Slacker Radio.

Cada execução de uma música em uma plataforma paga (Apple Music, por exemplo) conta como 1 ponto cheio. Execuções em plataformas com modalidades gratuitas (casos de Spotify, SoundCloud e YouTube) valem 2/3 de 1 ponto, enquanto plays em rádios programadas (Pandora e Slacker Radio, populares nos Estados Unidos) contam meio ponto.

Em números, a fórmula básica é: 1 ponto equivale a 250 streams pagos ou 375 streams gratuitos. Para almejar uma posição dentro do Top 10, é preciso no mínimo por volta de 15 milhões de reproduções pagas. Mas não é só isso: para chegar lá é preciso ter bom desempenho em outras modalidades também.

Vendas digitais e físicas

Ainda que o streaming seja o principal pilar da Hot 100, as vendas digitais e físicas também podem impactar o desempenho de uma música. Desde 1991, a Billboard conta com o apoio da empresa Nielsen Music, especialista em métricas de audiência, com base em cerca de 90% do mercado de música nos Estados Unidos.

O combo inclui lojas de departamento e as principais casas de concertos, lojas especializadas em música e lojas digitais, que compilam tanto vendas físicas como digitais, com o download de músicas e discos.

Ou seja: além do bom desempenho em streamings, é interessante pensar em pelo menos 30 mil cópias vendidas de “Me Gusta”. Seja no iTunes ou no próprio site do artista (CD singles e vinis são boas estratégias para colecionadores).

De acordo com o perfil Talk of the Charts, este número garantiria cerca de 220 pontos – número que equivale à 10ª posição na Hot 100.

Rádios

De início, “Me Gusta” não deverá despertar grande atenção das principais rádios. Artistas latinos ainda precisam derrubar alguns “muros” até conseguirem uma boa adesão. De toda forma, é importante ressaltar que o apoio delas também ajuda a alavancar um trabalho. A Nielsen também apoia a Billboard neste monitoramento. São mais de mil estações comerciais.

Entretanto existem pesos diferentes para cada execução. Outra empresa parceria da Billboard é a Arbitron, que estima a audiência das estações em diferentes faixas horárias. Desta maneira, chega-se a um número médio de pessoas que tenham, de fato, ouvido a música. Ou seja: uma execução na madrugada conta menos pontos que em horário comercial.

Fãs de Cardi B estão fazendo “vaquinha” para colocar “Me Gusta” no topo do iTunes US

Desde que Anitta revelou a participação de Cardi B em sua música na última segunda-feira (14/9), os fãs de ambas as cantoras estão unidos para ajudar na melhor estreia possível de “Me Gusta”.

Um mutirão foi organizado pelos fãs da rapper americana. Juntos, criaram uma espécie de fundo para que possam comprar “Me Gusta” no iTunes e, assim, colocar a música no topo da lista da plataforma digital.

Por fim, todos esses dados de streaming, execução em rádios e vendas são somados para determinar a pontuação de cada música no ranking. A Billboard, no entanto, não divulga a pontuação das faixas, apenas as posições.

Anitta estará no “The Tonight Show with Jimmy Fallon” na próxima quarta-feira

Anitta já tem uma nova participação confirmada no “The Tonight Show with Jimmy Fallon”, um dos programas de maior audiência dos Estados Unidos. Na próxima quarta-feira (23/9), a cantora aparecerá na TV americana para divulgar “Me Gusta”. E, sem dúvidas, uma aparição deste porte despertará mais interesse no trabalho da cantora. Será que Cardi B dará aquela forcinha?

LEIA MAIS: Anitta desiste de mostrar pontos turísticos do RJ em performance para a TV americana; entenda o motivo!

E o clipe?

Todo mundo ficou curioso quando Anitta parou o Pelourinho, em Salvador, para gravar um clipe, no dia 13 de fevereiro. Tudo foi feito com muito sigilo. Para que ninguém ouvisse a música, ela usou um ponto eletrônico para poder fazer sua performance.

Não é uma música em português é uma música internacional. Eu não posso revelar muito desse trabalho. Vai vir mais pra frente, mas fala de mulheres“, disse à época.

Uma das cenas que promete chamar atenção é o momento em que Anitta veste as cores da bandeira LGBTQIA+ na frente de umas das principais igrejas da cidade.

“A música fala das cores da Bahia, que eu acho muito bonita. A gente mistura funk e pagodão baiano. Por isso, a gente gravou na Bahia, mas, dessa vez trazendo uma coisa mais cultural, a mulher brasileira e cultura baiana”, finalizou Anitta em entrevista ao G1 no início deste ano.

Escrito por Daiv Santos

Anitta se revolta com significado de "patroa" no dicionário

Após indignação de Anitta, Google muda definição de “patroa” em sua plataforma

Lady Gaga bela campanha de perfume

Vídeo: Ao som de “Sine From Above” no piano, Lady Gaga aparece belíssima em campanha da Valentino