Shakira e Jennifer Lopez no Super Bowl 2020 / Foto: Getty Images (uso autorizado POPline)
in ,

O ano da música Latina (parte 1): veja o que rolou de destaque mês a mês

Relembre um acontecimento da música latina por mês do primeiro semestre desse ano caótico!

Você já deve ter lido que “2020 não foi um ano fácil” em vários lugares – e não foi mesmo. Além da pandemia e a falta de noção e clareza de quando tudo isso pode chegar ao fim ou ao menos ser controlado, a quantidade de informações chegando por minuto foi algo difícil de lidar – e o entretenimento latino não foge disso.

Foi um ano de muitas conquistas e “polêmicas” no mundo latino, como sempre é, mas que por fim ajudaram a comprovar que o gênero não está “conquistando”; um espaço no mercado global, mas que ele já tem um lugar muito bem garantido.

Relembre um acontecimento da música latina por mês do primeiro semestre desse ano caótico!

Janeiro

No dia 26 de janeiro aconteceu o Grammy Awards, que consagrou Alejandro Sanz na categoria de Melhor Artista Latino Pop por “El Disco”. Rosalía, além de se apresentar no evento, também levou na categoria de Best Latin Rock, Urban ou Alternative Album por “El Mal Querer”.

Fevereiro

No dia 02 de fevereiro, Shakira e Jennifer Lopez fizeram história no Super Bowl. As cantoras entregaram uma performance impecável também ao lado de J Balvin e Bad Bunny que logo entrou para a história do Show de Intervalo, fechando o Top 10 de audiência do show.

Março

No dia 03 de março, um pouco antes da COVID-19 ser uma preocupação mundial, Bad Bunny lançava “YHLQMDLG” (abreviação de “yo hago lo que me da la gana”), que logo depois quebraria recordes nas paradas musicais. Já na estreia, o álbum debutou em segundo lugar na tabela geral da Billboard.

Bad Bunny recebe o prêmio de ” Top Latin Artist Award ” do Billboard Music Awards 2020, outubro / Foto: Getty Images (uso autorizado POPline).

Abril

No começo de abril, CNCO disponibilizou “Honey Boo” em parceria com Natti Natasha, single que indicava que a nova era ia começar com ou sem Coronavírus – mas só indicou mesmo, porque a boyband preferiu mudar todo o planejamento e agora trabalha num projeto de novas versões de clássicos da música latina, intitulado “Dèjá Vu”.

Maio

O colombiano Camilo lançou o álbum “Por Primera Vez”, considerado como o primeiro álbum da carreira do colombiano. Nele, os hits “Tutu”, “Favorito” e “Por Primera Vez” performaram muito bem nas paradas de pop latino – e mais tarde, venceu o Grammy Latino por “Tutu” como Melhor Música Pop e foi indicado, com o álbum “Por Primera Vez”, na categoria de Melhor Álbum Latino no Grammy Awards.

Junho

Ricky Martin não lançava nenhum material inédito há oito anos, até chegar “do nada” com “Pausa”, um álbum inteiramente de parcerias e letras bem delicadas. Essa é a primeira parte do projeto “PausaPlay” – o álbum “Play”, então, chega em 2021.

A retrospectiva da música latina em 2020 continua na próxima semana com os destaques de julho à dezembro.

Para saber mais novidades da música e entretenimento latino, siga a Latina Brasil nas redes sociais e acesse o portal.

Escrito por Latina Brasil

YouTube: melhores práticas e formatos para aumentar o engajamento em 2021

Pabllo Vittar faz cover de “Pro Dia Nascer Feliz” e canta “Bandida”, com Pocah, no “Caldeirão do Huck”