Foto: @nowunited. Instagram
in ,

Now United: de onde será o 17º membro?

Any Gabrielly e Diarra Sylla deram dicas sobre a origem do próximo integrante do Now United.

É oficial: o Now United vai ganhar um 17º integrante em breve. Depois dos teasers que o grupo postou nas redes sociais, causando buzz sobre a novidade, a cantora Any Gabrielly deu uma dica sobre o país de origem do próximo membro.

“Uniters, o número 17 está oficialmente chegando. Então eu estou aqui para dar a vocês uma pequena dica. Vocês estão prontos? A bandeira do novo membro tem a cor verde nela. Mas 68 países também tem a cor verde na bandeira. Vocês conseguem adivinhar qual é?”, diz em vídeo postado no Instagram.

Diarra Sylla, outra integrante do Now United, também postou um vídeo dando uma dica sobre o país de origem do 17º membro. O membro novo fala francês, segundo ela: “o membro 17 fala francês, como eu. Mas vocês sabiam que há 29 países no mundo que falam francês?”

17º integrante pode vir da Àfrica Ocidental/h3>
As dicas parecem ruins, mas são boas. Em maio, a apresentadora e empresária Dentaa, do Gana, fez um post no Instagram dizendo que Simon Fuller, criador do Now United, queria encontrar um novo membro do grupo no país. A bandeira do Gana, país da África Ocidental, tem a cor verde. A língua oficial do país, no entanto, é o inglês.

Now United: 17º membro deve ser escolhido em Gana
(Foto: Divulgação)

“Simon Fuller virá à Gana para encontrar um grande talento para seu grupo Now United. Em breve, serão realizadas audições em todo o país. Adolescentes de 14 a 16 anos se juntarão ao Now United, um grupo internacional, para a oportunidade de mudança de vida. Envie vídeos cantando”, Dentaa postou na época.

Gana é um país bem pequeno na África. Ele faz fronteira com Costa do Marfim e Togo, países que falam francês e tem a cor verde na bandeira. O membro pode ser da região.

Bandeira da Costa do Marfim (Foto: Divulgação)
Bandeira do Togo (Foto: Divulgação)

Outros países que se encaixam nas duas dicas (bandeira com cor verde e idioma francês) são Madagáscar, Guiné, Guiné Equatorial, Camarões, Burquina Fasso, Mali, Senegal (país da Diarra Sylla), Ruanda, Burundi, República Centro-Africana, República do Congo, Gabão, Comores, Dijibouti, Líbano, Vanuatu, Seicheles, Argélia, Maurícia e Mauritânia.

O Now United está passando por um momento de reformulação e reestruturação. Três anos após sua formação, o grupo pop global vem ganhando uma “nova cara”. Alguns dos membros originais estão afastados dos compromissos do Now United, e por conta disso outros integrantes estão sendo convocados.

Now United deve abrir vaga para 17º membro ainda em 2020
Now United até pouco tempo atrás, já sem Lamar Morris (Foto: Divulgação)

Lamar Morris, por exemplo, não viaja com o grupo há muito tempo. Eventualmente aparece nos clipes – sobretudo nesses da quaretena, em que cada um gravou sua parte de casa. Diarra Sylla, por sua vez, já anunciou sua “saída”, embora ainda seja tratada como membro oficial.

Kristyan Wang e Joalin Loukamaa também confirmaram seus afastamentos temporários, por conta de projetos paralelos em seus países. “O Now United é como um time de futebol. Nem todos jogadores estão o tempo todo no campo”, explicou Joalin. De qualquer maneira, são pelo menos quatro membros inativos atualmente.

Now United: Joalin quebra hiato e reencontra grupo em Dubai
(Foto: Reprodução / YouTube)

Diante disso, o empresário Simon Fuller, criador do grupo, contratou duas novas meninas para o Now United em 2020. Savannah Clarke entrou para o time em março e Nour Ardakani foi escolhida em audições em setembro. Nour se tornou a 16ª integrante e estreou no clipe de “Habibi”, divulgado em outubro.

Escrito por Leonardo Torres

Shawn Mendes trabalha com diretor de moda de Lady Gaga – veja

Ex-de Demi Lovato

Após término conturbado com Demi Lovato, Max Ehrich está namorando outra cantora